Páginas

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Quando resolvemos desistir

Hebreus 12: 1 e 2 “Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.”

Se você está pensando em desistir, aliás, se já desistiu, essa palavra é para você.

Talvez você esteja pensando: “Eu sei que Deus realiza, mas eu estou cansado, desiludido, desgastado... Parece que Deus está realizando milagres para todos, menos para mim!”.

Sabe o que está acontecendo? O pecado tem te prendido. Sabe o que é pecado? Pecado é tudo o que te afasta do Senhor. Pode ser, de repente, um sentimento maligno que você está alimentando.

Pode ser que você esteja olhando para Deus como se Ele não fosse fiel e poderoso, só porque as coisas não aconteceram da forma e no tempo que você queria.

Vamos combinar uma coisa? Ele vai fazer do jeito e no tempo d’Ele. Aceite porque o Senhor tem o melhor para nós. Tudo o que você precisa fazer é resistir, porque existem forças do mal lutando para que você não alcance suas promessas.

Sabe, eu aprendi que, muitas vezes, para alcançarmos as nossas promessas, temos que passar pelo dia da cruz, ou seja, o dia de sofrer injustamente. O dia de levarmos a culpa pelos outros. Foi o que aconteceu com Cristo.

Passar pelo dia da cruz é ser humilhado, sem ter feito nada de mal para a pessoa que te humilhou e sem ter direito à defesa. Dia de cruz é ver os sonhos morrendo, mas também é o dia da ressurreição.

Assim como Jesus, nós não podemos focar na cruz e no sofrimento, precisamos enxergar o que virá depois.

Se você permanecer fiel, sabe o que vai acontecer? Você se assentará à destra do trono de Deus, porque somos um com Cristo.

Você será reconhecido como aquele que resistiu, como aquele que não caiu nas loucuras do inferno, como aquele que decidiu ser uma frustração para o inferno.

Quando você resiste e decide atender às expectativas de Deus, Ele te dá vitória além do que você pediu, pensou ou imaginou.

Aguente essa cruz, porque a ressurreição virá, e você será reconhecido como vitorioso, não como aquele que fugiu do gigante, mas como aquele que o derrubou.



Pense nisso!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Quem está no controle da sua vida?

Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo em Mateus 10: 28 a 32 “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma quanto o corpo. Não se vendem dois pardais por um asse? E nenhum deles cairá em terra, sem o consentimento do vosso Pai.

E, quanto a vós outros, até os cabelos todos da cabeça estão contados. Não temais, pois! Bem mais valeis vós do que muitos pardais. Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também ei o confessarei diante do meu Pai, que está nos céus.”.

Sabe, o peso da tristeza e das ameaças é uma das formas que o inimigo usa para levar as pessoas ao desespero. Quando eu falo desespero, eu falo sobre perder o controle emocional e ser controlado pelos problemas! Parece que as situações ao nosso redor são como “deuses” em nossas vidas! São capazes de mudar nosso comportamento, nossas atitudes, dominam nossos pensamentos, moldam o nosso humor e abalam nossa fé!

Pode ser uma humilhação na família, uma ordem de despejo, uma ameaça de demissão... em fim, aquelas situações que nos deixam desnorteados, sem esperanças e sem perspectivas de futuro!

Hoje, eu tenho uma boa notícia para você: se o inferno tem suas armas, seus enviados e suas estratégias, nós temos, ao nosso lado, Jesus Cristo. Ele veio para salvar a humanidade, através do seu sacrifício na cruz e deixou o Espírito Santo em nós, para nos consolar, nos direcionar e nos convencer do pecado, da justiça e do juízo!

Por mais incrível que pareça, a arma que Deus nos dá para vencer o desespero é a consequência do Espírito Santo em nós, a alegria!

A alegria que vem da fé em Jesus, de saber que até os fios de nossa cabeça estão contados, e que só vai acontecer o que o Senhor permitir.

A alegria de ter um Deus que é socorro bem presente na hora da angústia, como está em Salmo 46: 1 “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.”.

A alegria de ter a convicção, a certeza que é fruto da fé na Palavra de Deus que diz em 1 João 4:4 “Maior é aquele que está em nós do que aquele que está no mundo.”.

A alegria que vem com a certeza que a Palavra de Deus nos dá através de Salmo 37: 5 “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n´Ele e o mais Ele fará.”. E depois, sabe por que Jesus veio também? Para destruir as obras do diabo!

Por isso, vou falar com você, como falava com meus filhos, quando eram pequenos e tomavam aquela “bronca”. Mude esta cara, agora! O desespero só fortalece o que veio para te assolar e destruir tudo o que você ama!

Agora, mude sua disposição interior! Você não está “largado” no mundo! Refugie-se em Deus, na sua Palavra, busque-o em oração, abrindo seu coração, procure estar o maior tempo possível na igreja, ouvindo a Palavra de Deus.

Quero finalizar o estudo de hoje, com dois versículos:

Lucas 1: 37 “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas!”

Salmo 34:6 “Clamou este aflito e o Senhor o ouviu e o livrou de todas as suas tribulações.”


Pense nisso!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Não desista!

Filipenses 4:13 “Tudo posso naquele que me fortalece”.

Se sua bateria descarregou no meio da batalha, é por que sua fonte de energia é fraca!

Existem pessoas buscam renovar suas forças em remédios para depressão, em drogas, no álcool, no cigarro, nas compras... O que elas encontram no final? Mais motivos para chorar!

Muitas até desistiram de lutar, porque deixaram traumas que viveram ditarem as regras do jogo. Se o relacionamento passado não deu certo, decidiu que a solidão é a melhor companhia... Se foi demitido, achou melhor desistir da área... Se não acompanhou o ritmo da faculdade e ficou de recuperação em várias matérias, achou melhor abandonar o curso...

Sabe o que está acontecendo? Você não está sabendo viver! É tão incrível! A gente passa anos na escola, em uma universidade... aprende a conjugar os verbos, decora a tabela periódica, conhece a história do nosso país... mas não aprende a viver!

O único que pode nos ensinar é Jesus Cristo, pois Ele é o caminho.

Entregue sua vida para Ele! Como? Orando, com sinceridade: “Senhor, eu realmente não estou conseguindo dirigir a minha vida. Eu estou deixando minha vida ser dirigida por comentários, pelos meus traumas, pelas minhas frustrações, pela minha condição financeira, pelos meus complexo... Eu sempre acho que não vou ter condições! Mas, hoje, eu quero entregar a minha vida nas tuas mães, para que o Senhor a dirija. Jesus, seja o meu Senhor e o meu Salvador. Eu não quero mais ser refém dessas situações! Eu quero ser transformada pelo Teu amor! Preciso que o Senhor me fortaleça! Eu não quero mais interagir com as minhas deformações e ter atitudes destrutivas, cheias de ódio. Mas eu quero interagir com o Seu poder e ter paz, atitudes ousadas, alegria e fé!”.

Busque forças no Senhor! Nele, você pode todas as coisas! Você pode realizar, sem ter recursos; você pode conquistar, sem ter todo o conhecimento do mundo; você pode ser feliz, sem ser a pessoa mais linda do mundo; você pode ser prospero, sem ser rico; você pode ser ungido e cheio do Espírito Santo!

Experimente ter essa experiência! O efeito é garantido, não tem contraindicações, não vai destruir sua mente, sua saúda e seus valores.

Quando você deixa Deus ser o Senhor da sua vida, os desafios que se levantam, no meio do caminho, ficam pequenas perto da força e do poder de Jesus Cristo dentro de você!


Pense nisso!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Faça uma aliança com a vida!

João 11: 15 “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que esteja morto viverá”.

É meio estranho o que vou falar, mas faz sentido! Quantas vezes parece que estamos mortos? Mortos, sim! Eu acredito que a gente esteja vivendo um tempo de mortos vivos, sabia? Você, por exemplo, teve um relacionamento amoroso muito intenso... Aquela ilusão, aquele sonho, aqueles planos... mas está tudo acabado, literalmente morto!

Você até fica com raiva de quem toca no assunto. Sabe por quê? Porque você lutou, investiu, abriu mão de muitas coisas! Mas o que sobrou? Só frustração! Uma dor tão profunda, que você não quer se abrir para um novo relacionamento. Aquele papo de “felizes para sempre” ficou só no conto de fadas!

Quem sabe você está morto para ouvir a Palavra de Deus. Um dia, você foi à igreja, ouviu a Palavra, sentiu a presença do Senhor, se envolveu nos ministérios, mas teve tantas decepções com homens, que hoje você tem raiva! Falou em igreja, você sai correndo!

Sabe, Marta, irmã de Lázaro, estava assim. Jesus chegou para ressuscitar Lázaro, e quando Ele disse: “Retire a pedra!”, ela falou: “Não toque na tumba! É tarde demais”. Na verdade, ela esperava que Jesus chegasse na hora de curá-lo e não o deixa-se morrer. Mas, não! Ele chegou “atrasado”.

Não é assim que pensamos? “Eu acreditei, eu jejuei, orei, fiz um voto no altar, fui aos cultos... Eu trabalhei, mas o Senhor não chegou. Agora, não mexa! Não tire essa pedra! Sabe por quê? Já apodreceu na raiva, na mágoa, na tristeza que eu tenho, na dor que eu decidi levar para toda vida! Não toque nessa ferida...”

Mas, mesmo que você pense assim e subestime o poder do Senhor, Jesus te fala, hoje: “Tire essa pedra, porque eu tenho a ressurreição! Tire essa pedra, porque eu ainda não terminei a obra em sua vida! Volte para o altar.”.

E, então, você vai voltar mais maduro. Vai voltar para não cair na conversa de qualquer um, para não entrar nas conspirações daqueles que têm o espirito do anticristo. Às vezes, até falam que são de Deus...

Mas como alguém que dirige igreja quer destruir a outra igreja que também prega o evangelho? Como alguém pode pregar o amor de Cristo e, ao mesmo tempo, se alegrar com a destruição dos outros? Isto é confusão! Casa dividida não prospera.

Mas você vai voltar para ter experiências com Deus! Tire essa pedra, porque é tempo de viver ressurreição!

Tire essa pedra! Deixe de ser tão amargo, decepcionado, maldizente! Sabe, queridos, nós podemos fazer estoque de tudo: de comida, de dinheiro..., mas não tem como fazer um estoque de vida! Deus só deu uma para nós vivermos, por que não vive-la da melhor forma possível?

Jesus te fala, hoje: Vem, eu sou a ressurreição e a vida!

A glória da segunda casa é melhor do que a da primeira. A restauração sempre é muito melhor!

É como aquelas pessoas que vivem em belas casas, mas está tudo velho! Aí, vem a reforma! Nossa! Meu Deus! Nem parece a antiga, está muito melhor! Assim será com você! Hoje, em vez de fazer uma aliança com a morte, você vai se aliançar com Jesus, o caminho a verdade e VIDA!


Pense nisso!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Como ficar mais perto de Deus?

Eu tenho o hábito de tirar dúvidas dos ouvintes e telespectadores do “De Bem com a Vida”. Eles enviam as perguntas através do facebook do programa. E eu percebi que a maioria está buscando ter um relacionamento mais profundo com Deus, mas não sabe como. Então, eu decidi falar sobre isso neste post. Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo no livro de Atos.

Jesus morreu e depois ressuscitou, mas nem todos acreditaram. Os discípulos estavam inconsoláveis, afinal de contas, Jesus era pastor, mestre e amigo deles. Eles testemunharam tantos milagres! Imagine andar com o Filho de Deus 24 horas por dia! Sentir aquela presença, sempre ter uma palavra de vida, viver aquelas experiências e, depois, simplesmente, não ter mais nada!?

Eu imagino que eles tenham ficando perdidos: O que eu faço agora? Para onde eu vou? Eu sei que Deus existe, mas eu preciso de algo tangível, preciso de uma resposta imediata.

Talvez, você esteja nesta situação! Obviamente, você não teve o privilégio de caminhar com Jesus Cristo, como os discípulos tiveram, para sentir esse vazio. Mas, muitas vezes, parece que você está clamando em um deserto escuro, pois não vê nada nem ninguém.

Você ora, ora, ora... mas não acontece nada! Busca, busca, busca... mas não encontra nada!

Mas, será que é isso mesmo? Jesus não estava mais entre eles, mas Deus é onipresente, ou seja, eles não estavam desamparados. Já parou para pensar que, muitas vezes, os seus sentimentos estão te impedindo de se relacionar com Senhor?

Vou te explicar melhor!

Em primeiro lugar, a sua vida de oração precisa ser despida de toda a ansiedade!

Em Hebreus 11, está escrito que é necessário que aqueles que se acheguem a Deus creiam que Ele existe, e que Ele é galardoador daqueles que o amam.

Com essa ansiedade e esse desespero, você não vai alcançar nada! Pelo contrário, só vai arrumar mais tormento para a sua alma!

Vamos combinar uma coisa? Chega de estresse! Busque ao Senhor na certeza de que você será ouvido. Peça a Ele capacidade para você conseguir enxergá-lo.

A ansiedade bloqueia a nossa mente, nos paralisa e faz com que a gente perca a percepção das coisas que estão ao nosso redor!

Você já viu alguém desesperado, porque perdeu os óculos, mas não percebeu que eles estavam o tempo todo em cima da cabeça? É até cômico, mas isso é muito comum!

Eu conheci uma pessoa que estava viajando com um grupo muito grande e, de repente, um dos participantes da caravana começou a dar chilique, porque havia perdido uma sacola. Todo mundo, que estava perto dele, começou a procurar! Foi quase um dia inteiro de viagem perdido! Sabe onde a bendita sacola estava? Na mão de uma amiga dele, que havia pegado por engano!

Sabe o que é isso? Ansiedade! A moça estava tão empolgada com a viagem que nem prestou atenção na bagagem!

Será que você não está agindo da mesma maneira? Está procurando algo que está bem na sua frente!

Sabe, só de você sentir falta da presença do Senhor já é um sinal que o Espírito Santo está agindo na sua vida! O próximo passo é buscar o altar! Ir à igreja, jejuar, louvar, orar, clamar, ouvir um louvor...

Em segundo lugar, é necessário permanecer! A fé precisa ser uma constante, não uma variável!

Como os discípulos, que se sentiram abandonados, desorientados, sem saber o que fazer, conseguiram resolver aquela situação?

O próprio Jesus, ressurreto, disse a eles em Atos 1: 4 e 5 “E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes. Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.”.

Jesus, depois que ressuscitou, ficou 40 dias reunindo os discípulos e explicando a importância deles permanecerem firmes! O Senhor tinha para eles um revestimento de poder e autoridade para que eles fossem consolados da perda física de Jesus.

Eles receberam o Espírito Santo, que é a presença de Jesus em nossas vidas

Em Atos 1 e 2, está escrito que eles buscaram presença de Deus, incessantemente, até que veio do céu um vento impetuoso, e todos foram cheios do Espírito Santo. Foi algo tão forte que todos começaram a falar em línguas espirituais.

Deus tem este revestimento espiritual para as nossas vidas! Essa herança também nos alcançou!

No próprio livro de João, Jesus falou: Se eu não for, não poderei enviar o Espírito. E a única maneira de vocês terem vitória contra as obras do inferno é sendo cheios do Espírito Santo!

Este é o caminho para chegar mais perto de Deus!


Pense nisso!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Lidando com situações inesperadas!

Olá tudo bem? Hoje, eu quero te convidar a meditar comigo em Provérbios 3: 25 e 26 “Não temas o pavor repentino, nem a arremetida dos perversos, quando vier. Porque o Senhor será a tua segurança e guardará seus pés de serem presos.”

No primeiro capítulo do livro "Vivendo de Bem com a Vida”, eu falo que, muitas vezes, nos encontramos no meio de situações inesperadas. Eu até inicio o texto dizendo que “o ideal seria começar tudo do começo”, mas nem sempre dá.

Veio do nada para me tirar tudo...

Muitas vezes, você se depara com situações que você não estava preparado. Lutas que vêm do nada: a interrupção de uma gravidez, um acidente de carro, uma demissão, uma traição, o rompimento de um relacionamento, a morte de alguém que você ama... De repente, você acorda e está no meio de uma loucura.

Como dizia minha avó, são situações que te deixam de “calças curtas”. Apesar de que hoje em dia, algumas mulheres usam cada shortinho... misericórdia! É muito complicado quando em nossa vida nem sempre conseguimos levar tudo com bom humor.

Desnorteada? Não, a Bíblia já deixou um caminho

Mesmo que seja difícil, a Palavra de Deus fala para não temermos o pavor repentino. Pavor repentino é o medo que sentimos quando nos deparamos com situações novas, complicadas e aparentemente sem solução.

Na Bíblia, está escrito “não temas”. Quando Deus fala: “Não tenha medo” é porque vai dar medo mesmo. Quando o Senhor falou para Josué: “Seja forte e corajoso”, com certeza, ele enfrentaria situações que o deixaria fraco, impotente e com vontade de desistir.

Deus já preparou Josué para a situação que ele enfrentaria. É como se o Senhor falasse “Eu sei que você vai ficar espantado, mas segura essa. Você pode!”.

Hoje, se você está totalmente atordoada por causa das lutas, ou até mesmo espantada ao ver uma pessoa que era muito próxima de você ser capaz de te fazer tanto mal, não se deixe abalar.

Não tema o pavor repentino e muito menos os golpes do perverso. Não tema a arremetida daquele que é mal, que tem prazer em causar dano à sua vida, aquela pessoa que é verdadeiramente uma extensão do inferno!

Infelizmente, assim como tem gente que é uma extensão de Deus, existem pessoas que se deixam dominar pelo inimigo e vêm com tudo para roubar, matar e destruir seus sonhos.

Assuma o controle

Faça do Senhor a sua segurança. Ele te deixará de cabeça erguida, Deus vai guardar os teus pés neste campo minado, para você não ficar refém desta situação.

Faça dessa palavra a tua verdade! Sabe como? Invocando:  "Senhor, seja a minha segurança e me livra de fazer o que meus pés têm vontade. De correr covardemente, de ficar paralisada ou desequilibrada. Livra-me de todo o laço do inimigo, que quer me amarrar, me colocar em uma cama de depressão, em  uma cadeia de ódio, vingança, loucura,  desespero,  choro e de revolta contra Deus!".

Quando você faz desta palavra o teu caminho, você encontra luz e a verdade! Deus é contigo, faça d´Ele a sua segurança! Você pode todas as coisas, porque Ele te fortalece. 

Pense nisso!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Como você quer ser lembrado?

Salmo 90.12 “Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos um coração sábio.”.

Sabe, eu tenho uma história com essa passagem. Essa Palavra está na música “Ensina-me”, do Renascer Praise 6. Eu já falei sobre isso em outros Pensamentos, mas, hoje, vou colocar um trecho da letra para vocês. É uma linda oração:

Ensina-me a entregar os meus caminhos,
em tuas fortes mãos e, simplesmente, nelas descansar.
Ensina-me que o teu amor, teu amor, Senhor
nunca falhará, insistirá em me fazer feliz.

E se eu cair, não resistir
e até desanimado me prostrar.
Sentirei teu braço forte, ouvirei tua voz de amor.
Teu Espírito me faz ressuscitar.

Ensina-me que tudo coopera para o meu bem,

Ensina-me, ensina-me,
ensina-me a viver. 

Certo dia, eu disse para uma pessoa: “Eu não sei o que você está fazendo da tua vida, mas eu sei o que eu fiz da minha! Eu sei para onde eu a dirigi e a quem eu busquei! Por isso, nós temos forças para ficar em pé!”.

Existem pessoas que estão enterrando suas vidas em uma torre de depressão. Como também existem pessoas que usam suas vidas como um instrumento de destruição e fazem isso tanto pelo prazer, quanto pelo dinheiro.

Sabe quem fez isso? Judas! Judas fez da vida dele a cruz de Jesus Cristo! Ganhou dinheiro, apareceu, ficou famoso e é conhecido até hoje como o traidor, como um suicida! O que você está fazendo com a vida que Deus te deu? Como você quer ser reconhecido?

As justificativas não anulam os erros...

Muitas pessoas vêm com um milhão de justificativas para continuar errando.  "Estou vendo que está errado, mas eu não abro mão!”, “Não, eu prefiro viver uma mentira, ser uma amante, ser a pessoa que está destruindo uma família, do que aguardar em Deus e buscar um casamento!”, “Ah, eu faço isso, porque isso me dá uma boa condição financeira!”.

Você está bastante enganado! Olha o que você está fazendo! É isso que vai ser o teu futuro! O teu futuro começa aqui, hoje, porque de Deus ninguém zomba. Aquilo que o homem semear, ele vai colher!

O que você está fazendo com o teu filho? Isso é jeito de falar? O que você está fazendo no dia da luta? Está achando culpado? Olha, têm duas coisas que te fazem superar a luta. A primeira é lutar! Luta, a gente só vence lutando! A gente não vence luta reclamando! A gente não vence luta chorando! A gente não vence luta sofrendo! A gente não vence luta blasfemando! Agente não vence achando culpado! Pense nos propósitos que o Senhor tem.

Em vez de se entregar à amargura, ao ódio, sair atrás de culpado, corra atrás da solução! Sabe qual é o segundo posicionamento que você deve tomar? Apague-se ao Senhor. Peça para Deus te ensinar a viver o dia de hoje!

Sabe quem é Jesus? Jesus é aquele que está descrito em Isaías:  Ele é conselheiro, maravilhoso, pai da eternidade e o príncipe da paz! Ore! Peça para Ele te aconselhar hoje!

Clame: “Jesus, eu não vou me conformar com isso. Ainda que eu tenha tentado dez vezes, eu vou persistir, porque na Tua Palavra fala que Espírito Santo está sobre nós para nos ensinar!”.

Em Tiago 1: 5 está escrito: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”.

A origem do erro... 

Sabe por que está dando errado? Porque você não quer aprender com a situação! Quer sair achando culpado para tudo quanto é lado! Deus não nos prova além do que podemos suportar mas, antes, com a provação, vem o escape! Seja conhecido por ser uma bênção para as outras pessoas e não por ser um peso, um fardo, uma loucura, uma acusação! Você pode ser melhor que isso!

Você pode se perguntar hoje: “Mas como serei uma bênção, se estou desempregado?”. Ah! Querido! O teu posicionamento e a tua fé no Senhor vão te dar graça! Você é mais do que o dinheiro! Deus vai te honrar e vai te abrir uma porta! A tua disposição de levantar, de ir atrás, de acreditar... vai trazer milagres para a tua vida. No dia da tua dor, seja uma bênção! Tem gente que quando sente dor perde até a educação. Peça para Deus te ensinar a passar pela dor da melhor maneira possível! 

Bons aliados, em dias de guerra...

Tem gente que só porque está sendo caluniado e perseguido, desconta tudo na família. Quer abrir mão de tudo. Faça da tua vida, um hino de louvor a Deus! Peça para Deus te ensinar a viver! Na Palavra de Deus, está escrito que aqueles que se humilham diante de Deus serão exaltados. Peça para Deus te ensinar a organizar seus sentimentos e pensamentos.

Deus vai abrir uma porta para você e vai te mostrar o caminho na tempestade, vai te dar inteligência, e você vai ser conhecido como um servo d´Ele. Os filhos de Deus nós reconhecemos no dia da luta. Nos momentos de adversidade, nossos valores são reconhecidos. Cuidado com aquilo que você está manifestando no dia da guerra. Chiliques e loucuras não vão resolver seus problemas, pelo contrário, só vão afastar as pessoas que podem te ajudar.

Desta situação, não ficará nenhum trauma, nenhuma sequela. Deus está permitindo que você passe por isso, para você ser um grande testemunho aqui na terra e ser reconhecido pelas vitórias que o Senhor te dará. Pense nisso. Deus vai te ensinar a contar todos os dias para que você tenha um coração sábio!