Páginas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Entendendo os propósitos de Deus!

Atos 21 :  7 a 15 “Quanto a nós, concluindo a viagem de Tiro, chegamos a Ptolemaida, onde saudamos os irmãos, passando um dia com eles. No dia seguinte, partimos e fomos para Cesaréia; e, entrando na casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. 

Tinha este quatro filhas donzelas, que profetizavam. Demorando-nos ali alguns dias, desceu da Judéia um profeta chamado Ágabo; e, vindo ter conosco, tomando o cinto de Paulo, ligando com ele os próprios pés e mãos, declarou: Isto diz o Espírito Santo: Assim os judeus, em Jerusalém, farão ao dono deste cinto e o entregarão nas mãos dos gentios.

Quando ouvimos estas palavras, tanto nós como os daquele lugar, rogamos a Paulo que não subisse a Jerusalém. Então, ele respondeu: Que fazeis chorando e quebrantando-me o coração? Pois estou pronto não só para ser preso, mas até para morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus. Como, porém, não o persuadimos, conformados, dissemos: Faça-se a vontade do Senhor! Passados aqueles dias, tendo feito os preparativos, subimos para Jerusalém.”

A situação era muito complicada. Se Paulo continuasse livre, certamente, ele seria morto. Em cada cidade que ele visitava, havia um levante do inferno contra a vida dele.

Em uma delas, Paulo expulsou o espírito de adivinhação de uma moça, causando muita indignação, porque muitos homens lucravam com aquela malignidade.

Ali, Paulo foi exposto em praça pública, chicoteado e preso no fundo de um cárcere, sem direito a um julgamento.

Aqueles homens que fizeram essa crueldade eram amantes do dinheiro. Os amantes do dinheiro detestam que os outros sejam livres. Para eles, só existe vida debaixo da escravidão.

Eles enxergam o dinheiro em tudo. Não importa se a pessoa está atormentada, endemoninhada, aflita, em prostituição, em corrupção...

Pessoas assim se levantam encima de um poder para castigar os que pregam o evangelho, para castigar aqueles que levam a liberdade que está em Jesus Cristo. Foi isso o que fizeram com Paulo.

Em outra cidade que ele visitou, o adultério e a prostituição imperavam. Ele denunciou aquelas malignidades. Sabe o que aconteceu? Paulo foi apedrejado com tanta força, que foi dado como morto.

Voltando para Atos 21...

Qual era o plano de Deus? Dar a Paulo uma segurança. Como? Uma prisão domiciliar. Um local onde ele pudesse escrever suas cartas e fosse preservado.

E como isso foi revelado? Um profeta do Senhor desceu até Paulo, pegou o seu cinto, ligando com ele os próprios pés e mãos, e disse: “Você será preso!”.

Aquela notícia causou comoção geral: “Paulo, não vá!”. Mas Paulo afirmou: “Foi isso o que Deus falou que aconteceria comigo. Eu estou pronto!”.

Paulo sabia que aquela situação era a melhor para aquele momento! Ele decidiu cumprir o plano de Deus.

Sabe, às vezes, você fica reclamando muito e não está percebendo que Deus está te livrando de situações piores. Você não percebe que Deus está te protegendo e te guardando.

Em vez de se afastar de Deus, una-se a Ele. Desta forma, você vai conseguir entender os propósitos do Senhor para a sua vida! Desta forma, você ficará seguro!

Murmuração traz a destruição, mas ser um adorador traz a glória de Deus!

Faça como Paulo: esteja pronto para os planos do Senhor. Ele tem o melhor para nossas vidas!


Pense nisso!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Das luz ou das trevas?

1 Tessalonicenses 5: 8 “Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor e tomando como capacete a esperança da salvação”.

Existem pessoas que são das trevas. Existem pessoas que, literalmente, são do mal. Existem pessoas que acham que vão resolver seus problemas, prejudicando os outros.

Eu vou dar alguns exemplos. Existem mulheres que miram em quem está casado e acham que vão resolver sua vida, tirando o marido da outra.

Existem pessoas que acham que vão resolver suas vidas, dando um golpe em outras.

Existem pessoas que acham que vão resolver suas vidas, se valendo da fraqueza dos outros.

Agora, você que é do dia, seja sóbrio! É o que a Palavra de Deus nos ensina.

Sabe o que é ser sóbrio? É ser uma pessoa que não se deixa levar pelo desespero.

Você realmente acha que essa síndrome do pânico solucionar a sua vida? Você acha mesmo que se enxergar dentro do mal vai te ajudar?

Você ainda não percebeu que o desespero, o medo e a loucura fazem com que você jogue o que você tem de melhor no lixo?

Quantas vezes nós já ouvimos pessoas dizerem: “No desespero, eu joguei fora!”,  “No desespero, coloquei tudo a perder!”, No desespero, fiz uma loucura!”.

Seja sóbrio! Como? Chegando com um coração sincero na presença de Deus! Ore: “Senhor, tenha misericórdia de mim! Eu estou passando por essa situação! Eu estou me sentindo dessa forma!”.

Ore com sinceridade! “Ah, Bispa. A senhora quer que eu fale com o vento?”. Você vai falar, de repente, com que você nunca falou! “Ah, então, eu vou virar crente!”

Desde quando, religião muda a pessoa? O que munda é quem mudou a história. E quem mudou a história tem um nome: Jesus Cristo!

Ele não dividiu a história, porque era rico, porque Ele tinha poder humano, mas porque Ele tinha o poder de Deus. Jesus se entregou como uma oferta, mas ressuscitou.

É Ele quem vai mudar a sua história!

Fale com Jesus. Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre será! Ele não está na cruz! Ele está vivo. E todo aquele que O buscar O encontrará.

Nós conquistamos a sobriedade quando estamos conectados com Deus. Quando estamos sóbrios, os comentários já não nos perturbam mais, as pressões já não nos desesperam mais!

Hoje, eu quero te fazer um convite!

Venha renascer em Cristo! Venha para a igreja. Você vai receber uma oração. Você vai sair revestido com a couraça da fé. Esta fé te fará ter a atitude de buscar mais a Deus.

Você vai vestir o capacete da esperança da salvação. Blinde sua cabeça com os pensamentos que vêm do alto.

Se você fizer deste versículo a tua verdade, você terá o melhor final de ano da sua vida e vai ter um 2016 abençoadíssimo.


Pense nisso!

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Faça do Salmo 23 a sua verdade!


Hoje eu quero te convidar a meditar comigo no Salmo 23: 1 “O Senhor é o meu pastor, e nada me faltará!”.

Faça desta palavra o seu caminho!

Entre na presença do Senhor e ore: “Senhor, guia-me! Eu não quero mais que os problemas me guiem. Eu não quero que os meus traumas me guiem. Eu não quero que as dificuldades me guiem. Eu não quero que a opinião dos outros me guiem. Eu não quero que o meu cansaço me guie. Eu não quero que o meu entusiasmo me guie. Deus, conduza os meus caminhos!”

Depois de orar, espere um pouco, para que Deus te responda e te agasalhe. Eu tenho certeza de que você vai sentir a presença do Espírito Santo. Você terá paz, terá refrigério. Haverá um renovo para a tua vida.

Faça o que está na Palavra de Deus, sem olhar as circunstâncias, e nada te faltará!


Pense nisso! 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Você realmente conhece Jesus?


Lucas 8: 22 a 25 “Aconteceu que, num daqueles dias, entrou ele num barco em companhia dos seus discípulos e disse-lhes: Passemos para a outra margem do lago; e partiram. Enquanto navegavam, ele adormeceu. E sobreveio uma tempestade de vento no lago, correndo eles o perigo de soçobrar. Chegando-se a ele, despertaram-no dizendo: Mestre, Mestre, estamos perecendo! Despertando-se Jesus, repreendeu o vento e a fúria da água. Tudo cessou, e veio a bonança. Então, lhes disse: Onde está a vossa fé? Eles, possuídos de temor e admiração, diziam uns aos outros: Quem é este que até aos ventos e às ondas repreende, e lhe obedecem?”

Hoje, eu quero te perguntar: Você realmente conhece Jesus Cristo?

Aqueles discípulos estavam no mesmo barco que Jesus estava, se alimentaram do mesmo pão, foram ministrados, presenciaram milagres, mas não sabiam quem era Ele. Isso é muito comum nesta época do ano.

Muitas pessoas não comemoram o Natal, pois não há nada que comprove que Jesus tenha nascido no dia 25 de dezembro.

Pelo amor de Deus! Vamos parar de complicar as coisas?! Sabe, em algum dia do ano, nós temos que celebrar o nascimento daquele que nos salvou. Chega de religiosidade!

Sabe, existem pessoas que possuem um lindo discurso. Podem até escrever um livro para falar sobre Jesus Cristo, mas não perdoam o próprio filho que está dentro de casa, não aceitam pessoas diferentes, não são capazes de ter um gesto de carinho. Pessoas assim se esquecem de que a base do evangelho é o amor.

Você, que fala tanto do Messias no Natal, conhece aquele que acalma o vento e repreende a tempestade? Você conhece o Príncipe da Paz? Você conhece aquele que é o grande presente de Deus para nós? Conhece aquele que é a alegria do nosso coração?

Conhece aquele que nos traz a esperança verdadeira e transformadora? Sabe aquela esperança que é assinada pela fé? É uma convicção tão grande.

Diante desta fé, que nos faz ter autoridade, os dias ruins se acalmam, e nós descansamos na certeza de que aquele que vem vira, e não tardará.

Essa fé nos torna inabaláveis, porque nós sabemos quem foi aquele que tocou em nossas vidas! Nós sabemos quem foi aquele que disse: “Eu sou o seu pastor, e nada te faltará!”.

“Mas, Bispa, está faltando tantas coisas para nossa ceia de Natal. Nem peru nós temos!”. Nossa! Como se alimentar de um prato natalino pudesse transformar sua família. Somente Jesus nos completa.

Sabe, queridos,  passar a ceia na casa de Deus é nos alimenta do pão da vida! É uma alegria que se renova em forças.

Eu sei do que estou falando. Não estou falando sobre religião, estou falando sobre vida, sobre a minha vida, sobre a paz que está no meu coração.  Jesus é o meu refúgio e minha fortaleza.

Faça d’Ele o seu abrigo. Deixe Jesus Cristo entrar no barco da sua vida! Desta forma, não importa a tempestade, você chegará ao seu destino e passará por lugares que ninguém passaria.

Quem é este que até aos ventos e às ondas repreende, e lhe obedecem? Este é o Filho de Deus! Este é aquele que foi enviado para nos salvar.

Ainda que sua vida esteja em uma miséria de sentimentos, Jesus vem e traz os tesouros dos reis da terra para dentro de você, traz o canto dos anjos e o agasalho do pastor, que não dorme nem de noite e nem de dia.

Jesus te fala hoje: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo!”.

Jesus é o verdadeiro Natal!

Pense nisso!

Ore e jejue

Ester 8: 11 a 17

“Nestas cartas o rei concedia aos judeus que havia em cada cidade que se reunissem e se dispusessem para defenderem as suas vidas, e para destruírem, matarem e exterminassem todas as forças do povo e da província que os quisessem assaltar, juntamente com os seus pequeninos e as suas mulheres, e que saqueassem os seus bens, num mesmo dia, em todas as províncias do rei Assuero, do dia treze do duodécimo mês, que é o mês de adar. E uma cópia da carta, que seria divulgada como decreto em todas as províncias, foi publicada entre todos os povos, para que os judeus estivessem preparados para aquele dia, a fim de se vingarem de seus inimigos. Partiram, pois, os correios montados em ginetes que se usavam no serviço real, apressados e impelidos pela ordem do rei; e foi proclamado o decreto em Susã, a capital. Então Mardoqueu saiu da presença do rei, vestido de um traje real azul celeste e branco, trazendo uma grande coroa de ouro, e um manto de linho fino e de púrpura, e a cidade de Susã exultou e se alegrou. E para os judeus houve luz e alegria, gozo e honra. Também em toda a província, e em toda cidade, aonde chegava a ordem do rei ao seu decreto, havia entre os judeus alegria e gozo, banquetes e festas; e muitos, dentre os povos da terra, se fizeram judeus, pois o medo dos judeus tinha caído sobre eles”.

O Mês de dezembro e chamado de mês de adar no calendário hebraico, e o que caracteriza esse mês de adar? Esse mês caracteriza pela condição que você ganha, o direito de lutar, pela sua vida, pela sua casa, e pela sua família.

Quando o povo de Israel foi levado cativo para a Babilônia, se levantou um homem mal chamado Hamã, para fazer uma lei onde no mês de adar, mais especifico no décimo terceiro dia do mês de adar, todos se levantassem, que fosse inimigos dos Judeus, e os matassem, mas o que ele não sabia, é que a rainha Ester era judia, e ele convenceu o rei assinar essa lei. O tio de Ester chamado Mardoqueu, orientou que Ester entrasse em jejum, e ela foi e se colocou em um pátio, onde se o Rei estivesse bêbado ou não a reconhecesse e não estendesse o cetro de ouro para ela, Ester poderia morrer. Só que pela força da igreja ela deu a vida dela e Deus deu a vida dela de volta, já começou ali o primeiro milagre.

Ester foi lutar, pois ela sabia que aquela lei não podia ser revogada, tinha que se cumprir, então ela foi lá e se colocou, e Deus deu estratégias para ela, como: dar banquetes para seu marido e para Hamã. Logo quando terminou o primeiro banquete, o rei perguntou o que Ester queria, e ela disse que queria dar outro banquete. No segundo banquete Ester pediu a sua vida, o Rei sem entender pediu para que Ester esclarecesse, pois o mesmo não entendia, e Ester disse que Hamã havia feito uma lei para matar os judeus, e ela era uma judia. 

O rei ficou revoltado, e foi para a varanda, enquanto isso Hamã foi pedir misericórdia a Ester, e nesse momento ele tropeça e caiu em cima de Ester, o Rei que já estava revoltado, ficou extremamente nervoso e mandou matar Hamã. 

Mas e a lei? O Rei mandou chamar o tio de Ester e mandou que escrevesse uma nova lei, onde o Rei concedia aos Judeus de cada cidade, que se reunisse e se dispusessem para defender e aniquilar de vez toda e qualquer força armada que viesse contra eles. 

Jesus veio ao mundo para nos salvar das leis, contra essas leis existe oração e jejum, você vai se levantar e vai lutar, e o Senhor vai te dar a multiplicação, o Senhor vai liberar promessas e benções que você ainda não recebeu mais que estava lutando por elas. Não murmure, ore por tudo que esta ruim, que Deus vai te honrar no teu posicionamento. Se você for cheio do espírito Santo, aquela lei que veio para te derrubar, vai te dar uma liberação e uma grande vitória para sua vida.

Receba essa palavra e pense nisso! 

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Encontre primeiro a paz

Lucas 8: 22 a 24

Ora, aconteceu certo dia que entrou num barco com seus discípulos, e disse-lhes: Passemos à outra margem do lago. E partiram. Enquanto navegavam, ele adormeceu; e desceu uma tempestade de vento sobre o lago; e o barco se enchia de água, de sorte que perigavam. Chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, estamos perecendo. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança. Então lhes perguntou: Onde está a vossa fé? Eles, atemorizados, admiraram-se, dizendo uns aos outros: Quem, pois, é este, que até aos ventos e à água manda, e lhe obedecem?  

Quem é esse? Esse é aquele que entregou a vida por você.

Nós estamos entrando em um mês, que nos faz passar por margens e tempestade assim como Jesus passou, e cada mês que Jesus passava por uma tempestade, Ele passava com louvor. Você precisa passar pelo problemas com sabedoria.

Você precisa entender que uma tempestade emocional esta passando esse mês, e como você acalma essa tempestade? Com autoridade, com nosso Senhor. Quando você passa por uma tempestade com autoridade, uma paz habita em você e na sua vida.

Se você ficar em desespero, com medo de enfrentar as situações, que aparecem na vida, isso será um problema, e pode ter certeza que dará tudo errado, porque o medo faz isso com a nossa mente. Então encontre primeiro a paz, sem ela você não vive bem, mas com ela você viverá milagres para a passagem do próximo ano.

Pense nisso!

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

O que você tem escutado?

João 10.27 e 28:
O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.

O que você tem escutado? O que você tem absorvido? Já perdi a conta, de quantas vezes escutei o inimigo tentando fazer a cabeça de pessoas que precisavam de ajuda, mais ao invés disso, fazia a pessoa se virar contra a família, o casamento, o trabalho. Essas vozes vem para te atormentar, entra na sua cabeça para semear o desespero, a loucura.

O que você tem escutado? Em Apocalipse diz “Aquele que tem ouvidos para ouvir, que ouça!”. Se você tem ouvido para ouvir a palavra de Deus, não desista da sua, família, de você, não escute a voz do medo, não seda as vozes que te transformam em um canal de destruição, entregue hoje seu caminho para Deus, porque aquele que busca a Deus vai achar. Não abra mão do plano de Deus para sua vida, que é de te fazer uma pessoa realizada, com você mesmo e com a sua vida, porque esse é o plano de Deus para sua vida, para que você possa viver com autoridade.    

Pense nisso!