Páginas

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Não é o fim da linha!

2 Reis 8: 1 a 6 “E falou Eliseu àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, a qual também virá à terra por sete anos. E levantou-se a mulher, e fez conforme a palavra do homem de Deus; porque foi ela com a sua família, e peregrinou na terra dos filisteus sete anos.

E sucedeu que, ao fim dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus, e saiu a clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras. Ora o rei falava a Geazi, servo do homem de Deus, dizendo: Conta-me, peço-te, todas as grandes obras que Eliseu tem feito. E sucedeu que, contando ele ao rei como ressuscitara a um morto, eis que a mulher cujo filho ressuscitara clamou ao rei pela sua casa e pelas suas terras.

Então disse Geazi: Ó rei meu senhor, esta é a mulher, e este o seu filho a quem Eliseu ressuscitou. E o rei perguntou à mulher, e ela lho contou. Então o rei lhe deu um oficial, dizendo: Faze-lhe restituir tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou a terra até agora.”

Há coisas que são bem difíceis de entender... Como é que a gente, obedecendo ao profeta, acaba no fim perdendo tudo? Bem, foi exatamente o que aconteceu com a mulher sunamita.

No livro de 2 Reis 4, encontramos parte de sua história, e podemos perceber que ela era uma mulher muito rica, uma supridora da obra de Deus e também do profeta do Senhor. Enfim, era uma mulher temente a Deus, que teve sua vida marcada por milagres e saiu deixando tudo o que tinha, em obediência à Palavra liberada por Eliseu.

Quem falhou? Pelo que está escrito na Bíblia, não foi ela. Será que foi Deus? Jamais! Então, foi o profeta? Muito menos! Na verdade, ninguém errou!

A dificuldade que ela passou em uma terra estranha, por obediência ao profeta, e pagando um alto preço não foi nada perto da fome e da necessidade que ela viveria, se não tivesse obedecido.

Sua fidelidade a Deus e sua submissão à autoridade espiritual que o Senhor designou sobre sua vida a fizeram não só ser restituída de tudo o que tinha, como também de tudo o que deixou de ganhar nos sete anos em que esteve fora.

Quando temos uma história com Deus, nosso trabalho nunca será em vão! Se você, apesar de ser fiel, dizimista e ofertante, está passando por dificuldades financeiras ou, simplesmente, perdeu tudo, é necessário:

1-Manter-se firme, fiel a Deus e às autoridades que Ele constituiu sobre sua vida e jamais murmurar, como fez o povo no deserto, trazendo sobre si o exterminador (2 Coríntios 10:10).

2-Rever suas atitudes, seus posicionamentos e como você tem administrado o que Deus tem te dado (2 Reis 4:13; 8: 3 a 6).

No primeiro momento, a mulher sunamita disse que não precisava de nenhuma interferência por parte do rei. Ela tinha a vida financeira tão estável que se dava ao luxo de dispensar a ajuda dos outros. Mas, ao perder tudo, pode perceber como é importante gerar bons relacionamentos para seus negócios.

Talvez, você precise deixar de ser arrogante! 

Principalmente, se você não aceita nenhum princípio de gestão. Chegou a hora de pedir sabedoria ao Senhor, para que Ele também dê testemunho de sua fidelidade e te abra portas sobrenaturais.

Há tempo de ganhar, há tempo de perder, mas, em todo o tempo, o Senhor permanece o mesmo. Ele é abençoador, amoroso e fiel!


Pense nisso!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Não aguento mais estar sozinho!

O Pensamento do Dia de hoje está em Gênesis 1: 18 “disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só, far-lhe-ei uma auxiliadora.”.

Só quem realmente conhece e convive com a solidão sabe o que é isso! Tudo é com você. E, quando falo tudo, é tudo mesmo!

Às vezes, não é nem o caso de não se ter uma família ou amigos. Para ser bem direta: a situação, o grande problema é dormir e acordar sozinho, não ter ninguém para formar uma família, para fazer planos para o futuro, para dividir alegrias e choros... Ter “alguém” mesmo, sabe?

Um grande amor que preenche nossos dias, que se preocupe com a gente nos detalhes, e que a gente também se preocupe com ela (e), nas pequenas coisas... Alguém que tenha tudo a ver com você!

De repente, nesta solidão, todas as suas amigas ou amigos decidiram casar! É nestes momentos que vem aquele gemido, aquele clamor, ou, até mesmo, um grito carregado de raiva e tristeza: “Deus, o Senhor não está vendo o meu sofrimento? Eu simplesmente não aguento mais estar sozinho!”.

Para você que se sente assim, posso te dizer que, antes mesmo de você sofrer esta solidão, Deus, no principio de tudo, quando fez o homem, viu que a solidão poderia trazer danos, traumas e dificuldades, até mesmo de desfrutar de todo aquele paraíso.

Diante disso, só nos resta concluir que problema não está em Deus. Por incrível que pareça, está em nós! É claro que, para falar sobre isso direito, eu precisaria escrever um livro, mas vou só enumerar algumas das coisas que podem estar te impedindo de viver este sonho de amor e de família:


1-Você tem medo de sofrer ou reviver situações da sua infância!

Então, você só se associa com pessoas que você tem certeza que não correrá o risco de amar, a ponta de casar... Neste caso, você precisa procurar uma igreja e ser ministrado, em cura interior.


2- Na realidade, você não quer, porque esta muito bem assim!

Está trabalhando, estudando, viajando... a mil por hora! Na verdade, você nem tem tempo para pensar nisso! O duro é a cobrança da família e os programas que você gostaria de fazer que só teria graça com mais um. Busque em Jesus a sua verdade! Assim você se reconciliará consigo mesma!


3-Você teve alguém e, simplesmente, não deu certo!

Existem dois grandes problemas: manter um namoro, sabendo que não dará certo, pois você não consegue se desligar emocionalmente do relacionamento anterior ou não acreditar em mais ninguém. Você precisa de libertação!


4- Você está procurando alguém no lugar errado!

Lembro-me de uma moça que aconselhei, que posso chamar de “sedentária feliz”. Por conta disso, era “gordinha”, não fazia ginástica, dieta, caminhadas, ou coisa parecida... Mas só entrava em sites de relacionamentos de homens que tinham, como suas prioridades, a aparência, a prática de esportes, exercícios, suplementos alimentares... Resultado: não passava do primeiro encontro! E, ainda, voltava frustrada e decepcionada com Deus.

Tem pessoas que procuram relacionamentos duradouros em lugares de relacionamentos superficiais, como baladas e bares!

Você precisa entregar sua vida para Jesus, porque, até agora, o que tem dirigido sua vida é uma carência e um modismo!


5- você está no lugar errado!

Também baseada em minhas experiências de gabinete ministerial: havia uma moça que tinha um chamado, uma missão de Deus para pregar o evangelho, mas ela não queria, achava que não conseguiria, em fim... Sempre se escondia atrás da desculpa do trabalho e por aí vai...

Mas a pessoa que Deus tinha preparado para ela, porém, tinha em seu coração que encontraria sua esposa no altar da igreja pregando, louvando, ministrando...

Às vezes, quem aumenta o tempo da solidão somos nós mesmos. Cada um de nós, além de uma profissão, temos uma missão na Terra. Ao nos dispormos a cumpri-la, trabalhando para Deus, fazendo a vontade d´Ele, encentramos o que só Ele pode nos dar: o bom, perfeito e agradável!

Em suma, esta é uma área da sua vida estéril, simplesmente improdutiva e te faz sofrer a carência do “fruto” que ela deveria dar? Para vencer a esterilidade, seja em que área for, há algumas atitudes que você deve tomar:


1-Entregar sua vida para Jesus!

Deixe que Ele seja realmente o teu Senhor, frequentando uma igreja, a prendendo e praticando a Palavra de Deus. Foi assim que Isaque venceu a esterilidade na terra que ele habitava!


2-Campanhas de jejum e oração!

Foi assim que Isaque venceu a esterilidade de sua mulher, que acabou não só engravidando, mas gerando gêmeos, em uma época em que nem de longe se sonhava com inseminação artificial ou coisa parecida.


Pense nisso!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Sofrer ou vencer?

Olá querido internauta, quero deixar uma palavra especial para você! 

O Pensamento do Dia de hoje está em Salmo 73: 1 a 5 “Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me revelaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Para eles, não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio. Não partilham as canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens.”.

Hoje, quero deixar a seguinte pergunta para você: Essa luta que você está passando é para sofrer ou para vencer?

Se for para sofrer, uma boa maneira, alias, uma das melhores, é ficar olhando para os lados, se comparando com os outros. Mas não com aqueles que estão piores, mas com aqueles que estão mais felizes e vivem melhor do que você!

Se for para vencer, é melhor se conscientizar do seu desafio e buscar ao Senhor. Se os outros estão superando mais ou menos que você, sendo corruptos e indignos... Isso não é seu problema e nem sua solução!  Na verdade, olhar para os lados, só nos torna mais vulneráveis!

O nosso socorro vem do alto, vem do Senhor, que fez os céus e a terra! Ele está te guardando e te protegendo!

Por isso, em vez de ficar procurando culpados ou justificativas, vá atrás da solução. Olhe somente para Jesus e busque-o, em oração! Busque forças e ajuda aonde Ele derrama sua bênção. Sabe de qual lugar estou falando? Da Casa do Senhor.

Quero finalizar o Pensamento de hoje, com Hebreus 4: 16 "Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.".

Pense nisso!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O que os outros vão falar?

O Pensamento do Dia de hoje está em 2 Samuel 6: 12 a 23.

Sabe, eu acredito que grande maioria de nós cresceu ouvindo: “Menina (o), que vergonha! O que vão falar de você?”... “Faça isso e você vai ver o que todo mundo vai falar” ... “Olha o que você está fazendo! Todo mundo está olhando”...

Estas e tantas outras frases que expressam a mesmíssima preocupação acabam por se tornar, muitas vezes, um grande problema em nossa vida. A necessidade de aprovação por parte de outras pessoas nos impede de termos censo crítico próprio, de discernimos qual a opinião que é realmente importante e a quem desejamos, por fim, agradar.

Mical, apesar de ser filha de um rei e de ser a esposa do maior rei que Israel já teve (Davi), por se preocupar tanto com as aparências e o que os outros iriam falar, acabou tendo um fim terrível: perdeu o amor, a atenção e admiração do próprio marido. Davi, ao entrar com a Arca de Deus em Jerusalém, a procurou para trazer aquela bênção ao lar deles, mas Mical o desprezou, porque ele estava dançando e, por dar mais valor a opinião dos outros do que a de Deus, morreu estéril.

Aquilo que fez com que Mical desprezasse o rei Davi era tudo o que ela precisava para se a mulher mais feliz da Terra: a bênção de se alegrar por ter de volta a Arca da Aliança, mas não! Ela estava mais preocupada em dar satisfações aos servos, servas e aos nobres da época!

É um absurdo o que a nossa baixa autoestima faz conosco! Simplesmente, ela é quem dita as regras! Ela decide se você vai ou não à uma festa, se você vai ou não à praia, se você tem bom  desempenho no trabalho ou não... ela até define como serão seus relacionamentos: se serão prazerosos, cheios de insegurança ou infrutíferos, como acabamos de ler!

Quando buscamos, em primeiro lugar, agradar a Deus, ter as reações e atitudes que Ele espera que tenhamos em cada situação, seja esta boa ou ruim, acabamos por ser honrados sempre, ainda que tenhamos por um tempo que enfrentar críticas e comentários.

Se você tem sido assolado por essa necessidade absurda de aprovação dos outros, e isso tem te consumido, o caminho da sua libertação está em Jesus! Busque n´Ele razão para viver! Busque se alegrar o que o agrada, a despeito de comentários e olhares maldosos!

Evite saber ou procurar saber o que estão falando de você. Se, em seu interior, você tem paz em Deus e a sua consciência está tranquila, ainda que por um tempo você venha a sofrer danos com comentários, cheios de inveja, o reconhecimento de Deus virá e Ele mesmo vai te honrar, diante dos homens, assim como está em Salmo 91!


Pense nisso e lembre-se: opiniões alheias não são verdades absolutas! 

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Escolha ser livre!

Números 13: 30 a 33 “Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Eia! Subamos e possuamos a terra, porque, certamente, prevaleceremos contra ela. Porém os homens que com ele tinham subido disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós.

E, diante dos filhos de Israel, infamaram a terra que haviam espiado, dizendo: A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra que devora os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. Também vimos ali gigantes (os filhos de Anaque são descendentes de gigantes), e éramos, aos nossos próprios olhos, como gafanhotos e assim também o éramos aos seus olhos.”

Esse é o tipo de escravidão que você mesmo se impõe. Você mesmo se fez escravo. É uma questão de escolha, não de condição!

Vou citar um exemplo! Recentemente, eu aconselhei uma moça que perdeu a mãe. Sabe, queridos, se despedir de alguém que você ama não é nada fácil. Ninguém é substituível. Mas nós temos uma escolha! Ou escolhemos sofrer aquela perda a ponto de ficarmos enfermos, como foi o caso dela, ou podemos clamar: “Senhor, ensina-me a viver sem essa pessoa. Ensina-me a viver de forma diferente! Eu não quero que a pessoa que foi o motivo da minha alegria seja o motivo do meu sofrimento!”.

A felicidade está em nossas mãos, está ao nosso alcance. Existem pessoas que não se abrem nem para ser consoladas. Ainda que Deus tenha muitas alegrias e portas abertas, elas se convenceram de que a vida acabou.

Sua mente vira escrava desta situação, e você não admite ser livre!

Existem mulheres que falam: “Meu marido foi embora. Eu não admito ser feliz sem ele!”. Elas se tornam escravas desta perda e pagam com suas próprias vidas, sem ao menos se darem conta de que Deus tem outros caminhos.

Na passagem que lemos no início do Pensamento do Dia, vemos um povo que havia recebido uma promessa de Deus. Mas, para eles, havia só possibilidade de vitória, se eles enfrentassem um povo menor. Eles achavam que não teriam condições de enfrentar os mais fortes. Eles eram escravos desta ideia fixa. Mas, no Senhor, a vitória já estava garantida.

Não aja da mesma forma. Seja livre para crer que Deus tem o melhor! Quebre com toda a escravidão e limitação da sua vida.

Faça de Isaías 54 a sua verdade! Alargue o seu entendimento! Não feche mais as portas que Deus abriu.

Não imponha mais condições, aceite ser feliz. Existe felicidade além daquilo que nos tornava dependentes de pessoas ou situações.

Nem sempre as coisas que a gente quer vão realmente deixar a gente feliz!

Para comprovar esta afirmação, eu fiz um teste. Em um dos cultos que eu ministro, eu perguntei: “Quem aqui já deu graças a Deus porque Ele não atendeu todas as suas orações?”. Quase todos levantaram a mão!

Confie no Senhor. Seus caminhos são mais altos que os nossos! O que Ele tem é maior do que nossa capacidade ou condição!


Pense nisso!

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Ouça a voz do Senhor

Mateus 3:4-7 “E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão”.     

Sabe como as coisas na sua vida terminam dando errado, sem nem mesmo começar? Isso geralmente ocorre, quando você já inicia algo, mas com sintomas de que vai dar tudo errado. Sabe como? Colocando dificuldades.

Quando Moisés se deparou com o Mar Vermelho e viu que não tinha como passar, ele clamou a Deus, que lhe respondeu: “Por que clamas a mim? Diga aos filhos de Israel que marchem. E tu levantes a tua vara, estenda a mão sobre o mar e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo mar em seco!”.

Assim como o Senhor fez com Moisés, Ele fará contigo! Basta confiar n’Ele e naquilo que você precisa fazer.

Deus está te convidado a seguir com Ele. Aceite este convite, porque, na Palavra, está escrito: “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor da terra.”.

Caso você não saiba o que precisa fazer para ter uma vida em Cristo, pergunte ao Senhor. Ele sabe como te fazer feliz.

Se você clamar de coração aberto, o Senhor irá te suprir e te dar o seu milagre.

Deus está te convidando para viver um ano de avanço e de portas abertas!


Pense nisso!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Deus quer te revestir de poder

Joel 2:12-17 “Todavia ainda agora diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes; e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em benignidade, e se arrepende do mal. Quem sabe se não se voltará e se arrependerá, e deixará após si uma bênção, em oferta de cereais e libação para o Senhor vosso Deus? 

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene; congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?”.  

Querido, se você quer mudar situações em sua vida, em vez de ficar desesperado, se revoltar contra Deus e culpar a todos por este vazio que você sente, busque o Senhor. Peça ajuda, rasgue o teu coração.

Não maldiga aquele pode realizar um milagre em sua vida! Peça a Ele misericórdia! Peça para Ele te ensinar a viver cada situação. Desta forma, você vai ver sua história mudar.

São anos e anos buscando ao Senhor, e eu posso dizer que nunca fui frustrada!  

Sabe, se você tivesse a oportunidade falar algo, antes de morrer, para todas as pessoas que você ama, o que você falaria?

Depois de ficar 40 dias no deserto, Jesus disse aos discípulos: “Estejam reunidos na igreja, até estarem revestidos de poder, e saiam para ter vitória.”. Alguns voltaram à sua vida anterior, mas Jesus foi atrás e reforçou Sua palavra.  

O Senhor quer te revestir de autoridade, para que você tenha vitória. Este poder está disponível para você viver as mesmas obras que Jesus realizou e maiores ainda. É o poder de transformar um vexame de um casamento em uma festa maravilhosa. É o poder de transformar um velório em uma celebração, assim como ocorreu quando Jesus ressuscitou o filho da viúva de Naim!

Jesus está entre nós! Busque-o!


Pense nisso!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Viva a palavra de Deus

Mateus 4:3 e 4 “Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.”. 

Essa passagem fala de um tempo de muita necessidade, um tempo em que Jesus estava jejuando 40 dias, porque Ele sabia que tinha demônios para vencer.
Naqueles 40 dias Jesus teve vontade de comer, e quando Ele estava terminando o jejum, chega satanás que todos os dias o atormentava e diz “Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.”.

Jesus estava com fome, mas ele tinha a palavra de Deus na sua vida, e então ele ora dizendo que não é essa necessidade que vai acabar com a força e com as conquistas Dele, “não é essa necessidade que vai acabar com a minha bênção, não é essa última prova que vai me destruir, Deus tenha 
misericórdia”, e a sabedoria do espírito santo deu uma arma a Ele, e Ele tirou de sua fraqueza a força que veio do espírito santo e disse para o tentador “mas está escrito nem só de pão vivera o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus”. Acabou ali o inimigo parou de colocar aquela ideia na cabeça Dele.

Você precisa dizer para o inimigo que não adianta ele vir tentar na sua carência, na sua necessidade, para você acabar com a sua vida com Deus, porque você não vive só daquilo que você tem você não se alimento só dos alimentos que tem na terra, tem recursos no céu que abre as portas para você. 
O fato de ter fechado uma porta na terra para você, não significa que Deus não possa abrir uma porta maior para sua vida. A inúmeras formas de Deus suprir a tua necessidade busque a Deus. 

Você não vive só da sua força, você vive também da graça do Senhor derramada na sua vida. Quantas vezes na semana você acorda sem força? Mas você levanta e vai? Isso que aconteceu na sua vida significa que saiu da sua fraqueza a sua força para lutar, porque começou andar pela fé, porque creu que Deus ia te fortalecer. 

Pense nisso! 

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Encontro um tempo para Deus

1Samuel 7:1-3 “Vieram, pois, os homens de Quiriate-Jearim, tomaram a arca do Senhor e a levaram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazar, filho dele, para que guardasse a arca do Senhor. E desde e dia em que a arca ficou em Queriate-Jearim passou-se muito tempo, chegando até vinte anos; então toda a casa de Israel suspirou pelo Senhor. Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as Astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus”. 

Fazia 20 anos que eles choravam porque a aliança com Deus estava perdida em uma casa, fazia 20 anos que eles sofriam nas mãos dos filisteus. Eu não sei por quantos anos você passa por situações complicadas e difíceis, mais você tem dirigido como o povo de Israel dirigia a Deus? Com lamentações, e choros pedindo para Deus te socorrer, Deus tenha misericórdia, Deus muda minha sorte, Deus fala comigo, você tem feito isso? Na palavra de Deus diz que onde não há profecia o povo se corrompe e onde a profecia a caminho. Então hoje eu quero te perguntar se é de todo seu coração que você está buscando a Deus? Você não quer ter mais esse choro? Essas lamentações na sua vida? É de todo seu coração que você está busca ao Senhor? Para que saia a tristeza e a angustia de toda sua vida. Então faz o seguinte, tira aquilo que tiver ocupando o lugar de Deus na sua vida. Às vezes você não tem ideia do que está ocupando o lugar de Deus na sua vida, e eu te digo, que as vezes é a tua própria família, as vezes o teu filho é o teu Deus, você faz primeiro as vontades do seu filho, depois a de Deus.

Em primeiro lugar coloque Deus sempre a frente que depois as outras coisas lhe serão acrescentadas. Muitas vezes você precisa tanto de Deus, tanto de um milagre, mas você não tem cinco minutos para falar com Ele, mas arranja tempo para fazer qualquer outra coisa que não seja buscar a Deus. 

Tira o que está ocupando o teu tempo e arranje um tempo para Deus. Volte para Deus, e como você volta para Deus? Vai para casa do Senhor, vai para a igreja, busque ao Senhor e prepara o seu coração com votos, com jejum e você vai ver, Deus vai te livrar dos problemas e da dor e você irá viver milagres. 

Pense nisso!



terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Busque o poder de Deus

Salmo 144:1 “Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra”.   

Hoje eu comecei a meditar nesse salmo, para entregar uma palavra de Deus para você, e nesse passagem, vemos que Davi está louvando a Deus, por dar força para ele ir para guerra.

Bendito Deus que me da força, que me da sabedoria, que me da poder de governo, que me da capacitação para fazer todas as coisas que eu tenho que fazer, para vencer essa batalha e ter um dia produtivo.

Essa palavra nós mostra que você precisa pedir um poder de força a Deus, Porque muitas vezes você está desanimado para fazer qualquer coisa na sua vida, e ao invés de você ficar desanimado com as situações cotidianas, peça ajuda a Deus, as vezes esse desanimo pode indicar que você está debaixo do espírito da inveja.

Não se sinta um coitado, dizendo que você não consegue, quem você não pode, que você não sabe, não abra a boca para murmurar, porque isso só aumenta o problema, e é isso que o inferno quer ouvir de você. 

Busque o poder de Deus, que ele vai te fortalecer, vai te dar animo para que você possa fazer o que for preciso, o que for necessário. 

Pense nisso!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Você pode escolher o caminho da fé

Romanos 2: 28 e 29 “Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus”.  

A palavra que nos foi dada para o ano de 2016 foi Israel, e falando de uma identidade espiritual, assim que Deus chama aquele que Ele considera seu povo, pessoas que andam pela fé, assim que Deus chama de seu Israel.

O povo de Israel de Deus, espiritualmente falando tem uma marca, e essa marca significa ver Deus em todas as coisas. Quando você passa a ver Deus em todas as coisas, começa a ver Deus como seu ajudador, seu guia, sua solução e seu protetor.

Nesse ano de 2016, nossa vida irá se abrir para um mundo novo de realizações junto com Deus.

Nesse ano de 2016 a palavra que veio para nossa vida é Israel, e você sair da escravidão, você irá para um lugar de transformação, irá viver reconciliação e reconhecido como Deus ensinou.

Quando somos questionados sobre nossas crenças, precisamos dizer, que não só acreditamos, como pregamos, assim eu tenho certeza que tudo na sua vida se cumprirá de forma divina porque eu sei o Deus que eu servi, e você também saberá. Você pode escolher pela fé ou por aquilo que vê.   
                
Tenha as bênçãos de Israel na sua vida e assim você verá Deus agindo e operando na sua vida.

Pense nisso!