Páginas

quinta-feira, 31 de março de 2016

Deus não é o problema, é a solução!

Provérbios 3: 5 a 8 “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. 

Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. 

Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.”

Hoje, eu quero usar Daniel como exemplo. Ele era um homem que tinha todos os motivos para não caminhar mais com Deus! Ele era um príncipe e, de repente, foi colocado como escravo. Foi tirado de sua casa e, durante dois meses, foi arrastado até a Babilônia.

Chegando lá, para servir no palácio do rei, foi mutilado em seu corpo! Todos seus sonhos e projetos de vida desmoronaram diante dos seus olhos. Que futuro teria um homem escravo? Que futuro teria um homem cujo órgão reprodutor foi decepado?

Mas Daniel, em nenhum momento, considerou Deus o causador do seu mal! Pelo contrário, ele viu no Senhor a solução de todos os problemas.

Sabe, meu pai é advogado, e ele me ensinou que cada um interpreta a lei de uma forma diferente, ou seja, uma lei pode, ao mesmo tempo, absolver e condenar alguém!

Na passagem que nós acabamos de ler, está escrito: "Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento!". O que isso quer dizer? Que, muitas vezes, somos enganados por nossas próprias deduções. Às vezes, caminhar de acordo com o que você interpreta pode ser um péssimo negócio, porque você pode estar entendendo tudo errado!

Você acaba interpretando as situações da maneira que o inferno quer que você interprete! Por isso, existem tantas pessoas machucadas, assoladas, fora da igreja e culpando a Deus! Chegou a hora de dar um basta nesta situação!

Chega de fazer de Deus o culpado! Comece a fazer d’Ele sua solução! Foi isso que Daniel fez! Ele não culpou Deus, porque teve que deixar sua casa, porque sua família foi destruída, porque seu povo foi assolado...

Ele não culpou Deus por ter sido arrastado até a Babilônia! Ou você acha que ele foi a cavalo? Não! Foi acorrentado como um prisioneiro!

No versículo 6, do terceiro capítulo de Provérbios, está escrito: "Reconheça a Deus em todos os seus caminhos!".

Esse, justamente, foi o segredo de Daniel!

Hoje, você vai começar a se posicionar como ele. Comece orando: “Deus, eu acho que o Senhor não está comigo, mas, se o Senhor estiver, ajude-me a enxergá-lo!”.

Você vai ver que, apesar das dificuldades da vida, Deus tem te acompanhado! Se você não enxerga nada, pelo menos, enxergue Deus! Ele está, através deste texto, falando: “Você pode estar machucado, abandonado, com a saúde comprometida, mas Eu estou contigo! Se você me invocar, Eu te responderei!”.

Daniel pensou dessa forma e ainda jejuou! Entregou uma oferta! O que ele tinha para entregar? Os banquetes do rei! Deus deu graça a ele. Em dez dias, ele já estava melhor que os outros príncipes.

Faça o mesmo! Não se conforme em estar nessa situação que você está! Não se conforme em ser essa pessoa assolada, magoada, aflita, invejosa e cheia de ódio! Mas levante-se e busque ao Senhor! Volte! Deus é a solução! Ele enviou Jesus para nos salvar! Salvar de quê? Dos nossos sentimentos, pensamentos e deduções!

No versículo 7, das passagem que eu citei acima, está escrito: "Não seja sábio aos seus próprios olhos!".  Você está distante de Deus e ainda acha que está certo? Para onde este caminho está te levando? Volte!

Deus te dará o mesmo que deu para Daniel: luz, inteligência e excelente sabedoria!

Seja o tempo bom ou ruim, favorável ou desfavorável, Deus vai te honrar, porque Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente!

Os grandes caem, mas aqueles que buscam a Deus permanecem! 

Pense nisso!

quarta-feira, 30 de março de 2016

Não é o fim da linha!

2 Reis 8: 1 a 6 “E falou Eliseu àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, a qual também virá à terra por sete anos. E levantou-se a mulher, e fez conforme a palavra do homem de Deus; porque foi ela com a sua família, e peregrinou na terra dos filisteus sete anos.

E sucedeu que, ao fim dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus, e saiu a clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras. Ora o rei falava a Geazi, servo do homem de Deus, dizendo: Conta-me, peço-te, todas as grandes obras que Eliseu tem feito. E sucedeu que, contando ele ao rei como ressuscitara a um morto, eis que a mulher cujo filho ressuscitara clamou ao rei pela sua casa e pelas suas terras.

Então disse Geazi: Ó rei meu senhor, esta é a mulher, e este o seu filho a quem Eliseu ressuscitou. E o rei perguntou à mulher, e ela lho contou. Então o rei lhe deu um oficial, dizendo: Faze-lhe restituir tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou a terra até agora.”

Há coisas que são bem difíceis de entender... Como é que a gente, obedecendo ao profeta, acaba perdendo tudo? Bem, foi exatamente o que aconteceu com a mulher sunamita.

No livro de 2 Reis 4, encontramos parte de sua história, e podemos perceber que ela era uma mulher muito rica, uma supridora da obra de Deus e também do profeta do Senhor. Enfim, era uma mulher temente a Deus, que teve sua vida marcada por milagres e saiu deixando tudo o que tinha, em obediência à Palavra liberada por Eliseu.

Quem falhou? Pelo que está escrito na Bíblia, não foi ela. Será que foi Deus? Jamais! Então, foi o profeta? Muito menos! Na verdade, ninguém errou!

A dificuldade que ela passou em uma terra estranha, por obediência ao profeta, e pagando um alto preço não foi nada perto da fome e da necessidade que ela viveria, se não tivesse obedecido.

Sua fidelidade a Deus e sua submissão à autoridade espiritual que o Senhor designou sobre sua vida a fizeram não só ser restituída de tudo o que tinha, como também de tudo o que deixou de ganhar nos sete anos em que esteve fora.

Quando temos uma história com Deus, nosso trabalho nunca será em vão! Se você, apesar de ser fiel, dizimista e ofertante, está passando por dificuldades financeiras ou, simplesmente, perdeu tudo, é necessário:

1-Manter-se firme, fiel a Deus e às autoridades que Ele constituiu sobre sua vida e jamais murmurar, como fez o povo no deserto, que trouxe sobre si o exterminador (2 Coríntios 10:10).

2-Rever suas atitudes, seus posicionamentos e como você tem administrado o que Deus tem te dado (2 Reis 4:13; 8: 3 a 6).

No primeiro momento, a mulher sunamita disse que não precisava de nenhuma interferência por parte do rei. Ela tinha a vida financeira tão estável que se dava ao luxo de dispensar a ajuda dos outros. Mas, ao perder tudo, pode perceber como é importante gerar bons relacionamentos para seus negócios.

Talvez, você precise deixar de ser arrogante! 

Principalmente, se você não aceita nenhum princípio de gestão. Chegou a hora de pedir sabedoria ao Senhor, para que Ele também dê testemunho de sua fidelidade e te abra portas sobrenaturais.

Há tempo de ganhar, há tempo de perder, mas, em todo o tempo, o Senhor permanece o mesmo. Ele é abençoador, amoroso e fiel!


Pense nisso!

segunda-feira, 28 de março de 2016

Perdendo as esperanças

Gênesis 18: 9 a 15 “Então, lhe perguntaram: Sara, tua mulher, onde está? Ele respondeu: Está aí na tenda. Disse um deles: Certamente voltarei a ti, daqui a um ano; e Sara, tua mulher, dará à luz um filho. Sara o estava escutando, à porta da tenda, atrás dele. Abraão e Sara eram já velhos, avançados em idade; e a Sara já lhe havia cessado o costume das mulheres. Riu-se, pois, Sara no seu íntimo, dizendo consigo mesma: Depois de velha, e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?

Disse o Senhor a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso, para o Senhor há coisa demasiadamente difícil? Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho. Então, Sara, receosa, o negou, dizendo: Não me ri. Ele, porém, disse: Não é assim, é certo que riste.”

Sara estava desgastada e esgotada. Depois de 30 anos, andando atrás de uma promessa, ela continuou estéril. Sabe, queridos, o caso dela era bastante delicado. É diferente daquelas mulheres que chegaram a engravidar, mas tiveram um aborto espontâneo. É diferente do caso daquelas mulheres que não conseguem segurar uma gravidez por causa de problemas de saúde! Sara não chegou nem perto. Não tinha um pingo de esperança!

Naquela época, Abraão não era íntimo de Deus. Ele ouviu apenas uma vez a voz do Senhor e se dispôs a ter uma relação profunda com Ele. E, depois de tantos anos, aparecem dois anjos – dois homens cheios de autoridade que foram reconhecidos como anjos – para deixarem uma mensagem que mudaria a história daquele casal: “Daqui um ano, nós voltaremos! Neste tempo, sua mulher terá um filho!”.

Sara, ouvindo aquela profecia, começou a rir. Aquela risada tinha um tom de desabafo, revolta, rejeição... Eu até imagino que pode ter passado pela cabeça dela: “Não, não e não! Eu estou até vendo. Eu estou com 90 anos, e ele, com 100. Temos idade para sermos bisavós. Não somos aptos fisicamente para isso! Eu sempre fui estéril e já passei pela menopausa. Só pode ser brincadeira! Sinceramente, eu acho que já sofri demais, acreditando nessa promessa! Já me conformei, sabe? Na minha caminhada, eu presenciei muitos milagres! O Senhor me protegeu. Mas eu preciso aceitar que não nasci para ser mãe”.

Sabe, Sara era muito bonita. Os reis a cobiçaram e, por duas vezes, a levaram para se casarem com ela... Abraão, com medo, disse que era apenas irmão de Sara. Sabe o que aconteceu? Deus a livrou, a preservou e a defendeu nas duas vezes. Nenhum rei a tocou!

Sara teve experiências com Deus, mas, no momento da profecia, ela riu no seu esgotamento, no seu estado de “eterna espera”: “Pra mim, já deu! Agora, eu estou procurando um lugar onde eu possa ir daqui para melhor!”

Sabe o que Deus fez? A repreendeu, dizendo: “Por que você riu? Acaso, haverá alguma coisa demasiadamente difícil para mim?”.

Deus queria livrá-la do peso dos trinta anos de espera! Depois daquele dia, o ânimo de Sara mudou!

Talvez, você tenha perdido todas as esperanças! Mas, posso falar uma coisa? Não é por acaso que você está lendo esse post!

Talvez você nem queira mais ouvir falar nada sobre Deus! Parece que até te ofende! Mas você está vivo! E, enquanto há vida, há uma esperança!

Deus quer te curar dessa dor! Quer te aliviar desta carga de decepção, de frustração e da falta de fé!

Então, receba o poder curador, aliviador e transformador da voz de Deus! O que o Senhor disse para Sara, Ele te diz hoje: “Acaso, haverá alguma coisa demasiada difícil para mim?”.

Comece a praticar o que está em Isaías 35: 3: “Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes.”.

Ande de acordo com o que Deus te falou, não de acordo com as circunstâncias! Restaure seu relacionamento com o Senhor. Sabe, nesses momentos, ter uma aliança com Ele faz toda a diferença. Levante-se e faça como Gideão: “Olha, essa é a última chance que eu estou me dando de viver milagres! Não é uma chance que eu estou dando para o Senhor, porque quem sou eu para dar uma chance para Deus? Mas é a minha! Eu vou acreditar mais uma vez! Vou me permitir viver esse milagre!”.

Não entregue os pontos! Venha para a igreja! Deixe a gente orar por você! Deixe a gente te ajudar, e se dê mais uma chance! Permita-se experimentar a restauração que está em Jesus Cristo!

Permita-se ter a alegria de ter se disposto e de andar pela fé!

Pense nisso!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Páscoa é reconhecer Jesus em sua vida!

João 20: 1  “No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu que a pedra estava revolvida”.

A ressurreição aconteceu no primeiro dia da semana, ou seja, no domingo, o dia do Senhor. O Cordeiro pascal havia ressuscitado, como Ele próprio havia predito.

Em João 2:19, Jesus disse: “Destruí este santuário, e, em três dias, o reconstruirei.”.

A ressurreição de Cristo é para os cristãos a marca do ápice da vitória de Jesus e o marco da saída do estado da escravidão para a liberdade.

O que aconteceu no sepulcro é o que Deus quer que aconteça com você!

Em primeiro lugar, Páscoa é tempo de enxergar a luz de Cristo!

A Bíblia relata que Maria Madalena se aproximou do túmulo e o encontrou vazio. Ao ver que Jesus não estava lá, ela começou a chorar. Nesse momento, ela viu dois grandes anjos!

Páscoa é ter visões! Páscoa é sair de um estado de morte espiritual para ter vida com Deus! É sair da escravidão, que só te faz enxergar desgraça, e ver a luz do Senhor que te faz enxergar os mensageiros de Deus e muitos milagres!

Páscoa é receber uma maneira diferente de enxergar a vida! Isso vai te trazer experiências maravilhosas com o Espírito Santo!

Olha, nada vai te impedir de viver milagres, depois que o espírito de ressurreição entrar em você.

Em segundo lugar, Páscoa é reconhecer Jesus em sua vida

Maria Madalena teve a visão, mas não estava totalmente consolada. De repente, ela olhou para trás e viu alguém, a quem ela julgou ser o jardineiro. Ela disse: “Se o senhor pegou o corpo do meu Mestre, me diga onde está! Eu vou cuidar dele.”.

De repente, Jesus disse: “Maria!”. Ao ouvir aquela voz, ela caiu em si e viu que era Jesus! Jesus em Seu lugar de dor, em Seu lugar de carência, em seu lugar de tristeza...

Hoje, é necessário que você reconheça Jesus na sua vida!  A relação de amizade que Ele estabelece no livro de João nos leva a uma tomada de posse, no sentido de reconhecer o Senhor Jesus em todas as situações das nossas vidas.

Talvez você ache que o Senhor te abandonou, porque você está passando por um momento difícil! Não! Ele está com você!

Mesmo que você não reconheça, Ele está presente! Mesmo que você não veja, Ele está presente!

Em terceiro lugar, Páscoa é ouvir o som da ressurreição

Quando Maria Madalena ouviu a voz de Jesus, é como se aquele cenário de morte, de tristeza, de depressão caísse por terra! Veio sobre ela a luz!

Hoje, ouça a voz de Deus! Ele te fala: “Eu te amo! Eu tenho planos para tua vida! Eu não te criei para você viver nesse ambiente onde nada floresce! Eu te criei para ter um relacionamento com você!”.

Venha renascer em Cristo! Saia desse lugar de dor, saia desse lugar de choro, venha ouvir a voz de Deus através da Palavra ministrada, venha andar em comunhão!

Na igreja, você vai ter visão de anjos! Vai receber forças para vencer a tristeza, a morte, a traição, a mágoa e a loucura. No lugar de tudo isso, Deus vai derramar sobre você o Espírito Santo, que é o nosso consolador!


Pense nisso!

quarta-feira, 23 de março de 2016

Como vou superar esta perda?

2 Samuel 12: 15 a 25 “Então, Natã foi para sua casa. E o SENHOR feriu a criança que a mulher de Urias dera à luz a Davi; e a criança adoeceu gravemente. Buscou Davi a Deus pela criança; jejuou Davi e, vindo, passou a noite prostrado em terra. Então, os anciãos da sua casa se achegaram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis e não comeu com eles.

Ao sétimo dia, morreu a criança; e temiam os servos de Davi informá-lo de que a criança era morta, porque diziam: Eis que, estando a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança é morta? Porque mais se afligirá.

Viu, porém, Davi que seus servos cochichavam uns com os outros e entendeu que a criança era morta, pelo que disse aos seus servos: É morta a criança? Eles responderam: Morreu. Então, Davi se levantou da terra; lavou-se, ungiu-se, mudou de vestes, entrou na Casa do SENHOR e adorou; depois, veio para sua casa e pediu pão; puseram-no diante dele, e ele comeu.

Disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém, depois que ela morreu, te levantaste e comeste pão. Respondeu ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se o SENHOR se compadecerá de mim, e continuará viva a criança? Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.

Então, Davi veio a Bate-Seba, consolou-a e se deitou com ela; teve ela um filho a quem Davi deu o nome de Salomão; e o SENHOR o amou. Davi o entregou nas mãos do profeta Natã, e este lhe chamou Jedidias, por amor do SENHOR.”

A morte e a perda são situações dificílimas de serem superadas, ainda mais quando você é o culpado! Palavras e atitudes que acabaram com seu casamento, que fecharam uma boa porta de emprego, que te fizeram perder seu melhor amigo...

Às vezes, a sua situação envolve a perda de um familiar. Você entregou seu pai, sua, mãe ou seu filho para Deus, antes do tempo... É uma dor indescritível.

Eu imagino a dor que Davi sentiu ao ter que enterrar o próprio filho, sabendo que ele poderia ser o principal responsável por aquela enfermidade.

Muitas mortes que a gente enfrenta vêm carregadas de acusação. São pensamentos que nos desestruturam, por completo, como: "Você devia ter passado mais tempo com seu pai"... "Você deveria ter valorizado mais as virtudes da sua mãe"... "Agora é tarde demais para perdoar"... "Seu filho morreu, porque você foi uma péssima mãe, você não soube dar atenção"... "Você deixou seu amigo morrer, sem ter falado de Jesus para ele"...

A morte vem para nos matar também, ainda que seja aos poucos. Vem para marcar as pessoas com culpa e com uma dor tão profunda, que parece que nunca vai cicatrizar. Como se a gente fosse responsável pela vida ou por todas as escolhas de quem amamos.

Quando não conseguimos superar a perda ou a morte, nossos dias ficam vazios, parece que nós não sabemos mais viver. Eu imagino como deve ser para uma pessoa, que foi casada durante 30, 40, 50 anos, perder seu marido, ou esposa. Parece que a vida perdeu o sentido.

Olha, hoje, eu quero dizer que, por mais que pareça que não tenha mais jeito, há um caminho de superação.

Davi encontrou este caminho, quando entendeu que tudo acontece pela vontade de Deus. Não cai um fio de cabelo da nossa cabeça sem que o Senhor esteja no controle.

Se o inimigo vier te acusar, todos nós pecamos e dependemos da graça de Deus. O Senhor poderia ter ressuscitado? Poderia, mas o plano não era esse. Por quê? Para que ficasse um memorial. Davi não sabia que a história dele estaria na Bíblia, no Livro de Deus, e que alimentaria e serviria de exemplo para muitas pessoas, como eu, por exemplo. Um legado que ultrapassou gerações e se manteve inabalável.

Às vezes, você acha que a sua história não passa de uma história. Isso não é verdade. Talvez, a sua história sirva para que novas histórias sejam escritas. Então, em primeiro lugar, você vai se levantar e vai clamar: “Senhor, me consola, me conforta... Se eu não fiz o que deveria, me perdoa! Se as minhas atitudes contribuíram para este mal, lava-me, com Teu sangue, me purifica! Senhor, eu quero viver um novo tempo!”.

Em segundo lugar, vá para a igreja, louve e busque a Deus. A presença d´Ele nos cura, nos restaura, nos redime, nos edifica, nos consola e nos dá estratégia, para vivermos o bem do Senhor, na terra dos viventes!

Aonde há o Espírito de Deus, há liberdade. Eu tenho muitos louvores que falam sobre isso! A partir de hoje, você vai ficar livre deste peso, desta mágoa, desta acusação e desta dor! O Espírito Santo, nosso consolador, vai selar, vai cauterizar esta ferida, o sangue vai parar de jorrar e a cicatriz vai desperecer. Só vai permanecer as marcas do amor de Deus sobre sua vida.

Em terceiro lugar, comece um novo tempo!

No enterro do filho, Davi chorou? Chorou! Mas ele renovou suas forças, levantou-se, consolou a esposa, louvou ao Senhor e se abriu para viver um novo tempo! Aquele novo tempo gerou Salomão, o rei mais sábio de Israel.

Desse novo tempo que você vai começar, a partir de hoje, você vai gerar sabedoria, força, superação, consolo e alegria.

Em Deus, sempre existirá um caminho! Pense nisso!

terça-feira, 22 de março de 2016

Não espere de homens o que só o Senhor pode te dar!

Salmo 27: 1 , 5 , 13 e 14 “O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? 

O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? 

Pois, no dia da adversidade, ele me ocultará no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo, me acolherá; elevar-me-á sobre uma rocha. Eu creio que verei a bondade do SENHOR na terra dos viventes. 

Espera pelo SENHOR, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo SENHOR.”

Como é que nós vamos esperar em homens? Ninguém pode falar exatamente o que vai acontecer? Ninguém, além de Deus, tem nenhuma situação 100% sob controle!

Quando sua esperança, por exemplo, está no seu filho, você está em uma areia movediça.

Quando sua esperança está no marido, na esposa, no pai, na mãe, no nosso chefe, no trabalho... você está em um local escorregadio.

Agora, quando a sua esperança está em Deus, querido, não tem como dar errado, porque Ele é fiel ontem, hoje e sempre! No dia da tua enfermidade, do teu abandono, da tua dificuldade, Ele se faz presente!

Nesta passagem, o salmista fala: “O Senhor é a minha luz!”.

“Meu Deus! Como é que eu faço para enxergar alguma solução para este país?”. Através do Senhor, eu enxergo. Se eu estou em Deus, então, Ele me ilumina e faz o milagre!

“Meu Deus! Como eu faço para enxergar cura neste diagnóstico?”. Mas, se o Senhor for a minha luz, eu acendo o meu espírito e começo a enxergar milagres, possibilidades, soluções, cura, força que vai sair da fraqueza...

“Meu Deus! Como eu vou enxergar solução no meio desta crise financeira?”. Se eu estiver em Deus, eu vou enxergar multiplicação na minha casa, portas abertas, disposição para conquistar, suprimento, novas oportunidades...

Isso é o verdadeiro renascer em Cristo! Imagine se você pudesse voltar depois de morto e pudesse passar para as pessoas alguma mensagem. Qual você passaria?

Depois da crucificação e antes de subir aos céus, Jesus ficou, durante 40 dias, propagando a mesma mensagem: “Vá para a igreja! Fiquem reunidos! Vá para Jerusalém e fique ali, porque, contra as portas da igreja, o inferno não prevalece!”.

É essa a palavra que eu quero deixar para você! Faça do Senhor a sua luz e a sua fortaleza! Se você fizer essa opção, em vez de buscar soluções em homens, nada mais vai te atingir!

Deus vai te proteger, vai te dar um escape, vai te dar livramentos, vai mostrar a Sua graça e vai fazer a diferença na sua vida!


Pense nisso!

quinta-feira, 17 de março de 2016

Tudo depende do ponto de vista!

Zacarias 4:7  Quem és tu, ó grande monte? Diante de Zorobabel serás uma campina; porque ele colocará a pedra de remate, em meio a aclamações: Haja graça e graça para ela!

Muitas vezes, a agente se depara com um monte de problemas! “Ah! Meu Deus! Estou com problemas em todas as áreas da minha vida! É uma montanha intransponível!”.

Sabe, essa é uma maneira de enxergar as situações, mas não é a única. Você pode encará-las de outra forma!

Será que esse problema na sua casa não veio para que você se humilhe mais diante de Deus e busque sabedoria? Em vez de ficar desesperado e se sentir abandonado, veja que esta dificuldade pode também te dar graça para você aprender a se relacionar melhor com as pessoas de fora. Pense bem! Talvez, esta intolerância dentro de casa pode estar se manifestando em outros lugares.

Comece a enxergar esta montanha de problemas como as situações que vão te habilitar para você viver os sonhos de Deus na terra. Pense que, por meio deste problema, você construirá uma vida com o Senhor, porque o templo é o onde nós também nos relacionamos com Ele.

Aquela montanha estava lá, porque Zorobabel precisava construir um templo.

Ao olhar os problemas, tenha uma reação diferente: “Esta situação vai ser mais uma experiência que vou ter com Deus. Isso vai me ajudar a ficar mais próximo do Senhor.”.

Deus nunca vai permitir uma luta que você não possa suportar, mas, antes, com a provação, Ele te dará o escape.

O Senhor tem graça sobre graça! Ele tem um poder, uma força, uma sabedoria e uma estratégia que você não conhece. Mas, se você o buscar, você vai conhecê-lo, edificar uma vida com Ele e presenciar milagres, prodígios e maravilhas, em todas as áreas.

Enxugue suas lágrimas e busque solução no Senhor, porque Ele responde àquele que tem um coração aflito, quebrantado e sincero.  


Pense nisso!

terça-feira, 15 de março de 2016

Será que eu realmente mereço viver este milagre?

Marcos 3: 1 “De novo, entrou Jesus na sinagoga e estava ali um homem que tinha ressequida uma das mãos. E estavam observando a Jesus para ver se o curaria em dia de sábado, a fim de o acusarem. 

E disse Jesus ao homem da mão ressequida: Vem para o meio! Então, lhes perguntou: É lícito nos sábados fazer o bem ou fazer o mal? Salvar a vida ou tirá-la?

 Mas eles ficaram em silêncio. Olhando-os ao redor, indignado e condoído com a dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a mão. Estendeu-a, e a mão lhe foi restaurada. Retirando-se os fariseus, conspiravam logo com os herodianos, contra ele, em como lhe tirariam a vida.”

Talvez, ao ler este post, você deve estar pensando: “Todo mundo está apontando para mim, achando que eu não mereço viver o milagre que eu tanto espero!”.

Talvez, você esteja se sentindo encurralado e cercado de acusações. Mas sabe de uma coisa? O olhar daquele que pode transformar a sua vida não é assim.

Aquele homem que estava com a mão ressequida foi à igreja, teve uma atitude de fé. Talvez, ele tenha caminhado de maneira errada, mas decidiu mudar de postura e caminhar da forma correta. Ele buscou solução no altar, e o Senhor o curou.

Tenha a certeza de que, se você procurar, você vai encontrar a solução da sua vida em Jesus, porque a misericórdia de Deus é tão grande, que Ele não leva em conta seu passado, mas aquilo que você quer ser!

Se o teu coração é sincero, se você quer realmente acertar, ainda que todos te condenem, o Senhor é Deus para mudar sua história e para endireitar os seus caminhos.

Aquele homem estava com a mão ressequida, ou seja, ele não conseguia trabalhar. Eu imagino que a vida financeira dele deveria estar assolada. Talvez, o seu passado também tenha sido desastroso e cheio de perdas. Talvez, suas escolhas te levaram para uma realidade distante daquilo que você planejou. Talvez, você tenha jogado fora seu emprego, seu casamento, uma história de vida com Deus... Querido, está na hora de você voltar!

O que o Senhor te fala hoje é: “Estenda as tuas mãos, porque eu vou te restaurar! Estou te entregando uma oportunidade para você viver uma nova vida!”.

Receba esta Palavra! Apegue-se a Deus! Esqueça as coisas que para trás ficaram e venha renascer em Cristo.

Pense nisso!

segunda-feira, 14 de março de 2016

O que mais precisa acontecer?

Romanos 8: 17 “Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.”

Como você tem passado os dias maus? Como você tem enfrentado as injustiças e as calamidades?

Existem situações na nossa vida que somente uma intervenção divina pode solucioná-las. Mas, nós, muitas vezes, não ajudamos.

“Por que comigo, Senhor?”. Você acha mesmo que adianta fazer este tipo de pergunta?

Enquanto você estiver neste questionamento, você ficará distante de Deus.

“Como assim, Bispa? Eu me apegar a Deus? Como é que Ele permite que essas coisas aconteçam comigo?”.

Desta forma, você acaba brigando com o único que pode resolver e transformar a sua história. No final, você ficou com quem? Ficou com só com o seu problema.

Hoje, eu quero te fazer uma pergunta: “O que mais está faltando acontecer para você se apegar a Deus? Qual outra perda que você precisa sofrer para se apegar a Deus? Qual desgraça ainda precisa acontecer para você se apegar a Deus?”.

Então, em nome de Jesus, hoje mesmo, você vai se reconciliar com o Senhor. Venha renascer em Cristo. Se com Ele sofremos, com Ele, nós também seremos glorificados. Comece, fazendo uma oração: “Senhor Jesus, eu não sei se o outro não merece estar bem; essa é a vida dele. Eu não quero mais ficar me comparando aos outros. Mas eu sei que eu preciso de um milagre na minha vida. Ensina-me a enfrentar esta adversidade. Ensina-me a ser uma pessoa melhor.”.

Humilhe-se na presença de Deus; Ele vai se compadecer e mudar a sua sorte. Não seja mais arrogante. Você precisa e depende, sim, do Senhor! Não brigue mais com a solução!

Olhe para Deus e enxergue que aquele que enviou o seu único filho para te salvar está contigo. Se você buscá-lo, em espírito e em verdade, você o encontrará!

Romanos 8: 32 “Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?”

Deus, de maneira nenhuma, despreza um coração contrito e honesto.

Eu quero terminar este Pensamento dividindo minha experiência com você:

Quando a gente passa por um sofrimento, junto com Jesus, somos consolados, somos iluminados e recebemos um entendimento do céu sobre o porquê deste sofrimento. Este sofrimento se transforma em uma grande experiência com Deus. A experiência marca a gente de tal forma, que, mesmo na tempestade, a gente vai sendo conduzido pelo Senhor de forma abençoada. A gente sai do dia do sofrimento com uma nova vida, com novas perspectivas. Ficamos mais sensíveis, mais humanos...

Entregue este sofrimento nas mãos de Deus e peça para Ele te ensinar, te transformar, para que a glória do Senhor e o milagre possam se manifestar na tua vida!

Você tem um milagre para viver? Então, não se “embarace” mais nos problemas, nos questionamentos e nas incertezas; olhe para Jesus, apegue-se a Ele. Assim, você viverá além do que você sonhou ou imaginou.


Pense nisso!

quarta-feira, 9 de março de 2016

Como ser uma mulher +QV?

Queridas internautas, primeiramente, eu gostaria de desejar um feliz Mês das Mulheres para todas vocês!

Sabe, ser mulher não é obra do acaso, é um plano de Deus! Nunca se esqueça de que você é muito amada, querida e que foi desejada pelo criador do Universo.

Fomos criadas para sermos auxiliadoras e edificadoras, entretanto, infelizmente, em meio a tantas malignidades, a mulher ficou descaracterizada: sem equilíbrio emocional, se contentando em ser um objeto sexual, anulando e humilhando o marido, jogando palavras de maldições contra os filhos, se entregando às drogas, quando, na verdade, Deus nos criou à sua imagem e semelhança e nos colocou no paraíso.

Hoje, eu quero deixar algumas dicas para que você possa passar por todas as situações difíceis de bem com a vida e mais que vencedora, assim como Deus me ensinou! Pare tudo o que você está fazendo e preste atenção nesta dica de amiga:

Só tem um jeito de você ser uma mulher +QV, em uma sociedade carregada de loucuras: se reencontrando e se reconciliando consigo mesma, e isso só é possível, quando você tem um encontro com Deus.

Através da comunhão com Deus, você passa a ter a imagem e semelhança d’Ele, ou seja, você volta a ser aquilo que Deus projetou para sua vida. Você passa a ter paz na missão que Ele te designou.

É algo natural, não tem segredo, não importa o que esteja acontecendo, quando você tem comunhão com Deus, você tem paz. Nada te remove da sua posição. Você deixa de se sentir uma condenada, excluída, mal amada ou castigada.

Você, de repente, não tem mais problema com pessoas que possuem outros tipos de missões que, muitas vezes, aos seus olhos, não são tão complicadas como as suas ou, simplesmente, não requerem uma entrega como a sua exige.

Então, querida, é primordial você ter um encontro com Deus. Sabe, foi por meio do evangelho que eu aprendi a lidar comigo mesma! Eu não me suportava, de tão complicada que eu era. Mas sabe de uma coisa? Quando aceitamos a Jesus e buscamos um relacionamento com Ele, nós quebramos toda barreira de inimizade interior.

Você deixa de ser sua própria inimiga e deixa de questionar coisas do tipo: “Ai meu Deus! Por que eu ainda não casei?”. De problemática, você passa a ser uma mulher bem resolvida: “Olha, eu não casei, porque eu ainda não encontrei a pessoa certa” ; “Eu não casei, porque eu não quero, porque eu tenho que estudar, viajar, aproveitar outras fases da minha vida” ; “Eu não casei, porque ainda não é o tempo certo, mas eu estou bem! Embora eu passe por muitas cobranças, eu vou esperar o tempo de Deus. Eu sei que Ele tem o melhor pra mim!”.

Tem gente que tem uma crise terrível por causa de sua aparência: “Ai meu Deus, por que eu não sou magra?” ; “Por que meu cabelo é assim?” ; “Por que eu não sou mais alta? Para com isso! O que atrai um servo de Deus é uma postura digna, e não um padrão de beleza.

Quando você está bem com Deus, você acaba ficando de bem com você mesma, e aquelas coisas que você utilizava para se maltratar, se punir, deixam de fazer parte da sua vida. Você começa a ser a sua melhor amiga, a se cuidar, a se fazer bem. Você deixa de ter pensamentos destrutivos, mas passa a ter pensamentos que te fazem bem.

A comunhão com Deus nos faz ter um filtro do Espírito Santo. Você começa a discernir tudo o que vem para tirar sua paz! Você passa a identificar os planos do inimigo e adquiri autoridade para expulsar toda perturbação da sua vida.

Sabe de uma coisa? O homem e a mulher foram criados para se relacionarem com Deus todos os dias. Eva pecou, porque perdeu o foco. Quando você se mantém focada, a serpente pode chegar com todos os tipos de argumentos: “Você é trouxa!”; “Você poderia ganhar mais se aceitasse tal proposta!” ; “Tem um lado que você não conhece. Você está sendo enganada!” ; “Você está se submetendo a um trabalho escravo!”.

Vamos combinar uma coisa? “Pode ser tudo isso, mas é melhor do que o que você tem para oferecer! Vou continuar onde estou!”. Quando você mantém o foco, nenhuma pressão ou falatório te destroem. Aquilo que falam não tem nada a ver com você, tem a ver com a perspectiva de quem fala! A boca fala do que está cheio o coração.

O importante é você saber quem você é, o que você está fazendo da sua vida e o que Deus está falando ao seu respeito. Esta é a opinião importante. Em vez de ficar fuçando no Facebook e no Twitter o que seus inimigos falam de você, mude seu conceito e reflita: “O que será que Deus pensa de mim? Será que eu estou no centro da vontade d’Ele?”.

Porque, se você tiver a segurança de que está agradando a Deus e estiver debaixo de autoridades constituídas por Ele, você terá paz e prosperará em todas os seus caminhos, segundo o que está escrito em 2 Crônicas 20:20 “Pela manhã cedo se levantaram saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém. Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis.”.

Com essa consciência, você consegue tomar uma posição sábia contra aquelas situações assombrosas, terríveis e absurdas! Sabe aquelas situações que acontecem para deixar qualquer uma deprimida?  Podem até se manifestar, mas você não vai perder o controle.

Você vai se posicionar e vai acreditar no livramento do Senhor. A tua base precisa ser Jesus Cristo! Você precisa renascer para adquirir a mente de Cristo e possuir o mesmo sentimento que habitava n’Ele, conforme está escrito em Filipenses 2: 5 “Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus.”.

Assim você terá paz com Deus, com os homens e passará por qualquer tipo de situação, sem sofrer nenhum dano! Pense nisso! Ser feliz é uma escolha! Escolha viver este dia da melhor maneira possível! Pense nisso!


Amo vocês!

terça-feira, 8 de março de 2016

Uma mensagem especial para todas as mulheres

Hoje, eu vim aqui especialmente para desejar um feliz Dia Internacional das Mulheres para todas vocês.

Assim como a Bispa Fernanda citou em seu blog, a mulher foi criada para acabar com a solidão e para ser uma ajudadora de confiança.

Como estamos carentes de mães que pensam em primeiro lugar no bem estar de seus filhos, em vez de colocá-los como troféus e seres que vivem só para satisfazes suas vontades.

Como estamos carentes de irmãs que não se comparem ou concorrem, mas que concordem com seus irmãos e busquem caminhar sempre unidos.

Como estamos carentes de filhas que, ao olhar para suas mães, enxerguem a mulher que precisa de ajuda, que precisa ser abraçada, que precisa vencer seus desafios, mas, sobretudo, a mulher que precisa ser honrada.

Como estamos carentes de sogras que, em vez de cobrar de suas noras a experiência de uma mulher 30 anos mais velha, as ajudem a serem felizes e fazerem seus filhos felizes também.

Como estamos carentes de amigas fiéis, que não usam de nossos segredos para nos expor e nos humilhar. Precisamos também de amigas presentes, que não nos sufoquem, mas que nos ajudam a vencer e sermos melhores.

Você nasceu para ser tudo isso, ainda que não tenha percebido. Você pode, hoje mesmo, começar a ser esta mulher, a mulher que ajuda seu marido a ser melhor, em vez de culpá-lo por todas as desgraças de sua vida; a mulher que honra os pais; a mulher que é amiga mais chegada que irmã; a mulher que transmite ternura, paz e confiança.

Feliz Dia da Mulher para você que tem chorado aos pés de Deus, buscando cura, salvação, mudança de sorte, um lar, uma família... Tenha a certeza de que haverá bom futuro, a sua esperança, no Senhor, não será envergonhada.

Feliz Dia da Mulher para você que não tem sido notada. Isso não quer dizer que não haverá um consolo, um abrigo, socorro bem presente na hora da angustia do céu para você!

Feliz Dia da Mulher para você que foi abandonada depois de anos de doação. Não permita que ninguém arrebente com a sua vida. Que bom que você se doou, construiu um lar, um grande homem... Agora, vamos renascer em Cristo e viver esta grande mulher que você é, uma mulher mais que vencedora.

Feliz Dia das Mulheres para todas as mulheres. Vocês, assim como eu, foram desejadas por Deus, criadas à Sua imagem. Que este mesmo Deus nos ajude hoje e sempre a continuar a refletir a imagem d’Ele aqui na terra, mesmo com tantos desafios, desencontros, perdas, dores, injustiças, traições, ingratidão... Que bom que o nosso Criador é maior que tudo isso. Da nossa fraqueza, da nossa dor, Ele faz brotar a alegria, o Seu poder, Sua graça e a Sua vitória.

Somos a parte mais frágil, que é mais resistente que a parte mais forte. Somos, muitas vezes, as “Donas Marias” do trânsito, que dirigem o bem mais valioso que existe: vidas!

Somos, sim, as que vão para o fogão e para o tanque, mas as que também dirigem empresas e levam o evangelho capaz de transformas pessoas, famílias e até uma nação.

Nós fomos chamadas para, em todas as coisas, sermos mais que vencedoras. E que assim seja!

Que este Dia da Mulher inicie este tempo na sua vida.

Lembre-se: Enganosa é a beleza, e vã, a formosura, mas a mulher que teme a Deus será louvada.

Pense nisso!

Amo vocês!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Chegou a hora do basta!

Olá, tudo bem? Hoje, eu tenho uma palavra que, com certeza, vai mudar os seus conceitos.

Quero te convidar a meditar comigo em Salmo 19: 14 “As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu.”.

Você está cansado de errar? Você está cansado de cometer as mesmas loucuras, do mesmo jeito? De sempre ficar nervoso pelo mesmo motivo? De sempre chorar pelo mesmo problema? Chegou a hora de mudar, né? Deus nos chamou para andarmos em novidade de vida!

Eu conheço pessoas que têm uma capacidade indescritível de se meter em confusão! O motivo? Falar dos outros e “cuidar” de problemas que não são seus.

O que eu mais me impressiona são os argumentos de pessoas assim: “Mas, Bispa, ele falou mesmo!”.

Sabe qual é a minha resposta: "Se falou ou não, você não precisa repassar! Se você não pode ajudar, não atrapalhe!".

Muitas vezes, as pessoas não te procuram para contar seus problemas, por mais que você seja inteligente e domine a Bíblia, porque elas sabem que você é um ‘boca mole’.

Você, mesmo sabendo disso, não se contem, vai lá e fala mesmo! Sabe o que acontece? Mesmo que as suas intenções sejam as melhores, você leva a fama de fofoqueiro, e não importa se foi o outro que falou. No final, sobra pra você!

Você abre a boca, cria polêmica, mas, depois, não aguentas as consequências do que você falou.

Pare e reflita nisso!

Outra característica que prejudica muito é a inconstância. Ela te deixa cheio de projetos inacabados. Ou seja, você não evolui em nada!

Por exemplo, existem pessoas que toda hora estão mudando de emprego, porque não aguentam isso, não aguentam aquilo.... E ainda reclamam na frente de todo mundo. O máximo que você vai conseguir, agindo desta forma, é manchar sua carteira de trabalho.

Sabe por que você passa pela mesma luta? Porque você sempre tropeça na sua língua e, ainda por cima, vem com aquele papo: “Não sei por que Deus permite!”.

Antes de Deus te ajudar, você precisa se ajudar! Você já imaginou se Ele prosperasse tudo o que você fala? Existem mães, que ao olharem para a prova do filho, em vez de conversar e procurar saber o que aconteceu, fazem um terrorismo com a criança: “Olha essa nota! Moleque burro! Sua única obrigação na vida é estudar. Você é um vagabundo!”.

Imagine se Deus levar isso em consideração? O que seria do seu filho? Em vez de julgar e amaldiçoar, incentive, ajude-o! Tenho certeza de que o resultado da próxima prova será melhor! Procure saber o que está tirando a concentração dele e tome uma atitude.

Imagine, então, se Deus prosperasse aqueles seus lamentos em dias de depressão: “Por que Deus não me mata de uma vez?”, “Ninguém me ama!”, “Sou a pessoa mais infeliz da terra”....?

Chegou a hora de mudar de discurso e de atitude

Comece fazendo com que as palavras que saem dos seus lábios sejam agradáveis a Deus! Se o seu filho não está indo bem na escola, ore por ele: “Senhor, meu filho tem dificuldades em aprender, mas eu creio que o dom da sabedoria vem de Ti! Deus, abençoe meu filho com este dom!”.

Em vez de pedir que Deus te mate, ore: “Senhor, me dá a vitória que o Senhor deu a Davi!”.

Você pensa que vencer aquele gigante era fácil? O exército inteiro tinha medo de Golias! Ninguém tinha coragem de enfrentá-lo!

Mas Davi foi ousado e teve o discurso que agradou a Deus: “Quem é esse monstro, incircunciso filisteu? Quem é ele pra afrontar o exército de Deus?”.

O segredo é fazer com que os teus pensamentos e as tuas palavras vençam aquilo que veio te matar!

Pode fazer um comparativo. Você já reparou que as pessoas que só falam mal dos outros, reclamam e amaldiçoam são mais infelizes?

Já as pessoas que falam do amor Deus, dos seus milagres e das bênçãos que Ele tem pra derramar são mais leves.

Quando seu pensamento e o seu discurso mudam, o ambiente muda também! Com este posicionamento, Deus também te dá criatividade e estratégias. Você passará a enxergar as coisas de uma forma diferente. Como Davi, que conseguiu enxergar naquela pedra uma arma devastadora.

Eu quero finalizar o pensamento de hoje com dois versículos:

“A língua serena é a árvore da vida, mas a perversa quebranta o espírito” – Provérbios 15: 4.

“Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo”. – Provérbios 16: 24


Pense nisso!

quinta-feira, 3 de março de 2016

No dia mau, não pense o pior!

1 Pedro 5: 8 e 9 “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.

Filipenses 4:8 “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.”

Para passar pelo dia mau em vitória, você precisa ter cuidado com os seus pensamentos, porque a tendência da lógica humana é nos leva para pior.

A lógica humana nos leva ao desespero. A lógica humana nos leva ao medo. A lógica humana nos leva à angústia. Mas quem disse que você precisa levar sua vida de acordo com a lógica humana?

O fato de um pensamento aparecer, não significa que você deve desenvolvê-lo e deixá-lo te dominar!

Em nome de Jesus, assim como está escrito em 2 Coríntios 10, leve cativo todo pensamento à obediência de Jesus Cristo.

Sabe, existiu uma situação que foi narrada na Bíblia que exemplifica muito bem o que eu estou querendo dizer.

Havia três reis que saíram para a guerra. No meio do caminho, antes mesmo de alcançarem seus inimigos, eles enfrentaram uma série de adversidades. Passaram por uma seca terrível!

Os mantimentos acabaram, os animais morreram e os soldados ficaram doentes. Foi uma situação tão deplorável que um deles chegou a afirmar: “Deus nos chamou aqui para quê? Para morrermos? Mal começamos a guerra e já estamos perdendo. Estamos condenados!”.

Sabe o que é isso? É a lógica humana! É aquela que te faz pensar que é o fim da linha. Mas um daqueles reis conhecia o poder de Deus e veio com um discurso totalmente diferente: “Parem com isso. Não tem ninguém aqui que fale com Deus? Não tem ninguém aqui que possa trazer uma palavra de Deus para nossas vidas?”.

Então, o rei pessimista disse que havia um profeta chamado Eliseu, mas não deu muito crédito a ele.

Só que o rei esperançoso decidiu ouvir o profeta e mandou chamá-lo. Eliseu, cheio de autoridade, afirmou: “Olha, se não fosse por você, que resolveu fazer uma aliança com Deus no dia mau, eu nem intercederia por vocês! Mas, por sua causa, eu vou entrar na presença de Deus!”.

Sabe o que aconteceu? Eliseu intercedeu por aquela situação, e eles conseguiram vencer a guerra! Fo uma experiência tremenda.

Então, para passar o dia mau, vigie os teus pensamentos!  Que só ocupe sua mente aquilo que edifica!

Mude seus pensamentos para sua realidade também mudar! Eu tenho certeza de que Deus vai conduzir seus caminhos e te dará estratégias de vitória!

Busque, assim como aquele rei esperançoso, um profeta de Deus. Vá à igreja, porque o Senhor vai te fazer enxergar que, até mesmo no dia mau, tudo cooperou para o seu bem.


Pense nisso! 

quarta-feira, 2 de março de 2016

Como conquistar uma família feliz?

Às vezes, nos sentimos azaradas perto de outras pessoas que tiraram a “sorte” e têm uma família maravilhosa. Mas será mesmo? Será que é tudo uma questão de sorte? Não! Famílias bem-sucedidas não acontecem por acaso. É preciso combinar energia, talento, vontade, visão e determinação do casal. As coisas que realmente importam demandam tempo, reflexão, planejamento e definição de prioridades, sempre baseados na visão de Deus para o nosso casamento, para nossa família. É necessário trabalhar nisso e fazer sacrifícios. Você precisa querer e pagar o preço.

Pagar o preço diz respeito, entre outras coisas, a desenvolver algumas qualidades que você deve ter. Por exemplo, você precisa saber ouvir, ser do tipo que aprende sempre, ser um estudante perpétuo, não se cansar de fazer perguntas, estimulando o cérebro das pessoas da família. Valorize também as diferenças! Seja coerente e procure viver todos os princípios que você ensina. Tenha aquela humildade que toca, transforma e suaviza o coração, fazendo com que os outros queiram ser iguais a você. Seja o idealista do tipo que inspira e desperta o desejo de realizar e elevar os outros. Seja trabalhador e guerreiro! 

Ufa!!! Parece até uma missão impossível ser tudo isso, não é mesmo? E ainda tem mais... Também é importante ser coerente com os propósitos de Deus para sua família. Quando estamos vivendo de acordo com as nossas crenças, lutando para seguir a direção certa, geralmente, nossos filhos aceitam nossos valores.

Mas, veja bem! Apesar de tudo isso, ainda assim, o que faz a diferença em famílias bem-sucedidas é corrigir a rota, ou seja, entender o motivo de Deus ter te dado uma família e ver se ela ainda se encontra dentro destes propósitos ou, de repente, se perdeu... até mesmo com as bênçãos e com o que Deus já acrescentou! 

Eu diria que boas famílias, até mesmo, as melhores ficam fora da rota 90% do tempo. O segredo é que elas têm um senso de distinção, têm consciência do propósito e chamado de Deus para elas como família; conhecem o caminho da comunhão com Deus e de como ouvir Sua voz continuamente para saber qual será o próximo passo, o que precisa ser reavaliado e mudado e estão sempre corrigindo o destino. O que isso significa? Significa que o fato de não abrirem mão de estarem na presença de Deus, de nunca avançarem no tempo que é do Senhor, no dia que é do Senhor , antes buscam honrá-lo e estão abertas para ouvir Sua voz e serem guiados por Ele. É isso que lhes garante o sucesso como família.

Os membros de uma família feliz realmente creem no Senhor e, por isso, desfrutam da segurança de Suas promessas nas horas críticas, de dor, de perdas, de decepções entre eles. E mais, creem em Seus profetas, por isso, prosperam em suas ações para acertar e corrigir o rumo das situações que vão se apresentando. Traduzindo: 2 Crônicas 2:20 não é para eles só um versículo bonito que decoraram, mas sim a sua verdade praticada. Assim, podem retomar o plano de voo inicial, as metas, onde querem e devem levar suas casas e filhos. O sucesso de sua família depende da visão, do plano e da habilidade para corrigir o curso.

Quando você e sua família saem da rota, isto é, apresentam problemas, a solução está na visão, no plano, coragem e disposição de continuar corrigindo o curso quantas vezes forem necessárias. Isso significa habilidade para renovar-se, desculpar-se, começar de novo e fortalecer as relações. Não compare sua família com nenhuma outra. Por mais parecidas que sejam as situações, não são. 

Muitas vezes, pensamos que as outras famílias são perfeitas, enquanto a nossa está destroçada. Contudo, todos têm seus próprios desafios e sua própria cruz para carregar. Sua visão de futuro tem que ser bem maior do que os problemas. Em outras palavras, sua capacidade de vislumbrar um futuro melhor tem que ser mais poderosa do que todo o sofrimento acumulado no passado ou qualquer dificuldade do presente. 

A visão deve ser maior do que a bagagem, a ponto de determinar o que deve ser carregado e o que deve ser eliminado. Por isso, hoje mesmo, junto com o amor da sua vida, pare e escreva uma Declaração de Missão Familiar – os valores e propósitos devem estar contidos nesta declaração –.

A visão precisa ser compartilhada e aceita  por todos. É como montar um grande quebra-cabeça em grupo. É necessário que todos tenham em mente a figura completa para que usem os mesmos critérios para tomar decisões, pois, se os critérios e valores forem diferentes, o caso está instaurado. Mas, se todos estiverem de acordo e seguindo a mesma direção, esse pequeno batalhão – sua família – saíra vitorioso em todas as batalhas.

Ser uma família bem sucedida não é ter ausência de problemas, mas é ter problemas, vencê-los e permanecer ainda mais unida e fortalecida, depois de tudo. 

Pense nisso!