Páginas

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Onde está Deus?


Salmos 145.14 a 19: “O SENHOR sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados. Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento. 

Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente. Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras. 

Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.”

Uma das frases que eu ouço com muita frequência é: ‘Onde está Deus?’. ‘Onde estava Deus,  quando meu filho ficou doente?’, ‘Onde estava Deus, quando minha filha sofreu aquele acidente?’, Onde estava Deus, quando meu marido morreu? Por que Ele permitiu isso?’.

Quando você deixa esses questionamentos invadirem o seu coração com ódio, revolta e mágoa, você  passa a fazer exatamente a vontade de espíritos malignos, que vieram para te roubar e te destruir. Roubar o que? Você acha mesmo que o diabo precisa do seu relógio, do seu carro ou do seu casamento? Não! Ele quer roubar sua relação com Deus!

Ao não se relacionar com Deus e dar lugar à ira, você abre um grande espaço na sua vida para o inimigo agir! Você acaba se tornando uma pessoa amarga, incrédula e zombadora das coisas de Deus!

Você pode ver que as pessoas incrédulas são as mais duras de coração! Geralmente, são materialistas, egoístas e de difícil convivência! Tudo tem um preço, inclusive, elas!

São pessoas desprovidas de esperança! Porque acham que Deus as frustrou! Ou porque, simplesmente, não têm fé!

E o mais paradoxal é que, em todas as situações difíceis, elas atribuem a culpa a Deus!

É até cômico! Elas não buscam a Deus, gritam aos quatro ventos que não acreditam em Deus e, quando passam por um momento de aflição, são as primeiras a culpá-Lo.

Pessoas assim andam de engano em engano.

Salmo 42.7: “Um abismo chama outro abismo, ao fragor das tuas catadupas; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim.”

Pessoas assim podem ter tudo nada vida, mas continuam incompletas!

Nos piores momentos da nossa vida, a tendência é nos afastarmos de Deus! Isso é um grande erro! É nestes momentos que devemos nos apegar mais a Ele.

Cale esses pensamentos destrutivos! Encerre essa agitação que está abalando seus sentimentos! Cesse este choro!  Depois de acalmar essa tempestade interior, você vai clamar o nome Jesus!

O nome de Jesus tem poder! Invoque com sinceridade, acreditando! Não invoque como se fosse um teste! Invoque para sentir Sua presença!

Não importa onde você esteja! Não importa a sua condição! Se você fizer isso, Ele vai encher o seu interior! Ele vai limpar seus sentimentos e invadir o teu ser com a paz que excede todo o entendimento.

No versículo 19 da passagem que lemos no início do nosso estudo, está escrito: “Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.”.

Zele pela sua relação com Deus!

Tem um louvor do Marcelo Aguiar que mostra exatamente o sentimento que devemos ter. Vou postar um trechinho:

Se quiser levar tudo o que eu tenho
Pode levar, veio de tuas mãos
Mas deixe-me apenas com o meu coração
Porque foi aonde você pôs a mão
E me curou, e me curou!

Há salvação para aqueles que acreditam! Há salvação para aqueles que buscam ao Senhor! Há salvação para aqueles que meditam na Palavra de Deus e fazem dela sua verdade!

Na Bíblia, há milhares de promessas, mas não está escrito que não passaríamos por aflições! Pelo contrário, está escrito que, em todas elas, devemos ter bom ânimo!

O Senhor vai nos livrar, nos salvar e nos acudir!

No capítulo 145 do livro de Salmos, tem mais uma promessa: “O SENHOR guarda a todos os que o amam!”.

Chegou o dia do desemprego? Não vai te faltar nada, e o Senhor vai abrir uma porta maior!

Chegou o dia da enfermidade? Você terá forças! O Senhor vai fazer com que tudo coopere para o seu bem!

Chegou o dia da pior perda da sua vida? Será um ‘Até breve!’ Não te faltará consolo! Não te faltará a presença de Deus! Ele vai enxugar todas as suas lágrimas e manifestará um novo dia, com novas alegrias!

O Senhor vai te ensinar a viver sem essa pessoa! As lembranças não serão de dor, mas de todos os momentos felizes que você passou com ela!

O Senhor vai fazer raiar no seu coração um novo dia, com novas esperanças, com novas perspectivas... Eu posso falar isso com convicção, porque eu vivo isso! Eu quero repartir com você este consolo!

Haverá bom futuro! Sua esperança no Senhor não será envergonhada!


Pense nisso!