Páginas

terça-feira, 4 de julho de 2017

Ânimo e forças para continuar!


Salmos 20.7: “Uns confiam em carros, outros, em cavalos; nós, porém, nos gloriaremos em o nome do SENHOR, nosso Deus.”

Em quem você confia? Onde está a sua fé? Quais são suas motivações? Em quem você tem depositado suas esperanças?

Sabe, querido leitor, muitas pessoas vivem assoladas e atormentadas por não fazerem deste pequeno versículo a sua verdade.

Muitas têm sofrido de doenças psicológicas por conta disso. A mais comum é a síndrome do pânico. Você sabia que a origem dela também pode ser espiritual? Como eu cheguei à essa conclusão? Bom, vou explicar! Em 2 Timóteo, está escrito que o Senhor não nos deu espírito de medo!

Mas, Bispa, como assim? Eu tenho síndrome do pânico! Isso significa que eu estou endemoninhado? Claro que não!

Na verdade, você está sendo assolado e oprimido por um espírito maligno. Ele está te imobilizando e roubando sua capacidade de produzir, sua capacidade ir e vir... Sabe qual é o nome disso? Opressão! É diferente de possessão. É claro que uma pessoa opressa também pode ficar endemoninhada. Mas este não é o caso.

Quem tem síndrome do pânico está debaixo de um domínio. Por quê? Porque encara a vida de forma limitada. Não consegue enxergar nada além de suas forças e só prevê o mal, fica sempre esperando o pior de cada situação. Ela, simplesmente, perde a consciência de que Deus dá ordem aos Seus anjos ao nosso respeito, para que eles nos guardem em todos os nossos caminhos.

Se você está debaixo deste domínio opressor e limitador, está na hora de colocar, de vez, sua confiança no Senhor! Como? Comece apresentando a Ele o que tem te assolado: “Senhor, eu preciso de ajuda. Por mais que eu me importe e fique nervoso, eu não consigo resolver este problema. Eu preciso de paz! Se é para eu aguentar firme e seguir em frente, me dê paz, para que eu não arrume outros problemas!”.

Sabe, querido leitor, existem situações que acabam permanecendo por muito tempo em nossas vidas. Nestes casos, o melhor a fazer é resistir ao mal, para que ele fuja da sua vida. E, na sua calma, na sua paz e na sua confiança, estará a sua vitória!

Quando estamos em paz, nada nos derruba. Quando estamos em paz, conseguimos raciocinar melhor, com mais clareza, com mais sabedoria e, assim, conseguimos desorganizar tudo o que veio contra nós. De repente, quem esperou te ver falido e desiludido, ficará surpreso: “Como é que fulano tem tanta paz, passando por tudo isso?”.

Filipenses 4. 6 e 7: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.”

Aquele que te guarda, que é o Deus Todo-Poderoso, não cochila e nem dorme. Busque-O! Use as armas espirituais! Elas, com certeza, vão te fortalecer no dia mau. Ore, jejue, louve, tenha votos no altar, medite na Palavra de Deus...

Hoje, com a tecnologia, é tudo muito mais simples. A Rede Gospel, por exemplo, leva a mensagem do evangelho 24 horas por dia. Nós temos também aplicativos gratuitos, temos um canal só de ministrações no YouTube... Não importa onde você esteja, você pode se fortalecer por meio da Palavra de Deus!

Busque ter um relacionamento profundo com o Senhor, porque é Ele quem nos cura, nos restaura e aperfeiçoar Seu poder nas nossas fraquezas.

Eu quero finalizar a mensagem de hoje com Salmos 20.8: “Eles se encurvam e caem; nós, porém, nos levantamos e nos mantemos de pé.”.


Pense nisso!